O Caminho da Vida

Olá amigos,
Hoje vou compartilhar com vcs sobre o salmo primeiro. Mas antes lhes quero contar o motivo.
Quando eu era jovem…. a muitos anos atrás….. quando ainda namorava meu marido….. ele me levou em um acampamento que ele sempre ia quando era crianca. Meu marido todo verao ficava uma semana nesse acampamento evangelico.
Ele fez tanta propaganda desse acampamento que eu fui para conhecer e realmente foi uma grande bencao para minha vida e lá conheci dois pastores que sao uma bencao, Jasiel Botelho e Gilson Resende.
Esse local próprio para acampamentos se chama JOVENS DA VERDADE, e fica na cidade de Arujá no estado de Sao Paulo.
Lá eles tem uma estrutura espetacular e temas apropriados para as idades que recebem para acampar.
Se vcs quiserem conhecer é só entrar nesse link:
 
O pastor Gilson Resende quando eu fui nesse acampamento tinha feito um cd onde todas as músicas se tratavam de versiculos da biblia, para facilitar a sua memorizacao. E aí eu aprendi a cantar o corinho do salmo 1. Aí vai um link do youtube com a música para vcs conhecerem mas nao está muito boa.
Sempre quando canto essa música me recordo de como foi lindo o acampamento que eu fui.
Depois de casada eu fiz um estudo sobre o salmo primeiro para compartilhar com os jovens da minha igreja.
 Entao, quero esclarecer que esse estudo nao tem nada a ver com o acampamento que eu fui, porque naquele retiro o tema foi Elias. Esse estudo foi tirado do livro de ¨O antigo testamento interpretado, comentário versículo por versículo.¨, editora Hagnos, autor Russel N. Champlin, e também do livro ¨Salmos 1-72 introducao e comentário, autor Derek Kidner, editora Série Cultura Bíblica.
Sem mais comentários introdutórios, vamos direto ao tema…..
O salmo primeiro fala sobre os dois caminhos. Além disso, esse salmo é a introdução ao saltério, sendo conhecido como porteiro fiel dos hinos.
Primeiramente o autor  fala sobre O CAMINHO DA VIDA, como descrição sobre o homem justo.
O versículo primeiro do salmo  dispõe sobre três coisas que o homem bom não faz(declara negativamente qual é o comportamento do homem bom):
1)      ele não participa dos CONSELHOS dos ímpios, nem aceita seus conselhos,e não adota seus planos nem seu padrão de vida
2)      ele não imita os CAMINHOS dos ímpios nem age como eles. Ele não se detém no caminho dos pecadores nem é companheiro deles.
3)      Ele não se ASSENTA junto ao zombadores. Não acompanha os ímpios nos lugares onde eles se reúnem para planejar, promover e praticar atos pecaminosos e rebeldes.
Esses três tópicos dizem respeito aos setores do
1)      PENSAMENTO,
2)      ATIVIDADE,
3)      PERTENCER.
São nestes setores que a escolha fundamental da lealdade da pessoa é feita e levada a efeito.
Ademais, estes três aspectos retratam a conformidade do homem a este mundo quando:
1)      aceitação dos seus conselhos
2)      participação dos seus costumes
3)      adoção da sua atitude mais fatal
Assim, esses três pontos negativos preparam o caminho para aquilo que é positivo:
O CRENTE DEVE DELEITAR-SE NA LEI DO SENHOR.
A MENTE é o primeiro  baluarte a ser defendido. Ela é tratada como chave ao homem inteiro.
Vemos que existe o contraste entre LEI DO SENHOR X CONSELHO DOS ÍMPIOS
O salmo se restringe a desenvolver este tema único sobre o prazer na lei do Senhor, dando a entender que aquilo que realmente molda o pensamento do homem, molda a sua vida.
Portanto, o principal para o crente é não seguir os conselhos do ímpio e ainda aplicar-se no estudo da palavra de Deus.
 
A palavra de Deus conforme salmo 19:7-10, serve de luz para as nossas vidas, vejamos:
 
a) a lei é perfeita, por ser do Senhor e Dele proceder. A lei não apresenta falhas, é um guia perfeito.
 
b) a lei converte a alma, ela faz um homem ser aquilo que deve ser, alguém que obedece aos preceitos e assim vive na retidão.
 
c) a lei pode nos tornar sábios
 
d) a lei tem poder de fazer nosso coração regozijar-se
 
e) a lei nos limpa quando a aplicamos em nossa vida prática
 
f)  a lei ilumina os nossos olhos, mostrando-nos como nós somos, o que devemos ser e como sermos aquilo que devemos ser
 
g) a lei é um tesouro precioso.
 
h) a lei é doce como mel, o estudo da palavra e sua observância deve ser uma alegria para as nossas vidas e não uma carga
 
I) a lei nos adverte, nos dá instrução
O versículo 3 e 4 do salmo 1 é a parte central do salmo e tem paralelo com o texto de Jeremias 17:5-8
O homem justo é comparado a uma árvore que no devido tempo dá o seu fruto, ressaltando assim o aspecto distintivo e o crescimento silencioso do produto.
Uma árvore estrategicamente situada perto de um rio tem o poder de espalhar suas raízes e assegurar  a própria via de produção. Quando o calor chegar, a árvore nada sentirá, seus ramos estão cheios da seiva transmissora de vida, suas folhas permanecem verdes, pois a fonte da vida está nelas, até mesmo uma seca prolongada não prejudicará aquela árvore, e ela não deixará de produzir frutos, mesmo em tempos adversos.
Com base no NT, o homem que tem vida é aquele que é cheio do Espírito Santo.
A arvore não é mero canal, pelo contrário é um organismo vivo que a absorve para produzir no devido tempo, algo que  é novo e agradável, próprio do seu tipo e estação.
 
 
A promessa de que a folha não murcha não é independência do ritmo das estações, mas é o livramento dos danos aleijantes da seca.
Salmo 31:15 Ter nossos dias nas mãos de Deus também subentende que todos os eventos são controlados por Ele , dia após dia.
Contraste salmo 1 x jeremias 17
– arvore frutífera x arbusto deserto
– homem confia em Deus x homem que confia no homem
– juízo x vai além das calamidades comuns
 
O CAMINHO DA CONDENAÇÃO.
Em contraste com os justos, os ímpios são comparados a palha, pois, ressalta explicitamente aquilo que um homem é do que o que ele vê e sente. Jeremias 17:6 a 8b
Daí a conclusão que não poupa: o ímpio é comparado a PALHA, isto é, ao cúmulo daquilo que não tem raiz, peso, nem utilidade.
Palha é uma figura tirada do joeirar, ato mediante o qual o trigo debulhado é jogado para cima, para o vento soprar para longe, deixando somente o grão para trás. Assim, o vento dispersa parte da palha inútil, e os homens queimam o restante.
Visto serem estéreis, os ímpios serão eliminados. O julgamento de Deus cai sobre eles, em lugar das bençãos abundantes.
Os juízos de Deus exercem esse efeito separados entre o grão e a palha.
Mateus 13:25
Os ímpios podem aparentar ser as pessoas de bem, mas o dia demonstrará o homem de palha e revelará as obras de palha. I Cor. 3:12-13
Por isso, surge inexoravelmente aquilo que os homens escolheram ser.
Ocorre que diante do juiz não teremos argumentos para nos defender.
“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porquanto Deus enviou o seu filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus
Por isso quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.” João 3:16-18 e 36
2 aspectos do julgamento: COLAPSO E EXPULSÃO
Aqui podemos observar a separação dos caminhos: O caminho dos justos conduz à vida, mas o caminho dos ímpios leva à destruição.
O termo “caminho” significa a atitude geral e as ações da vida de uma pessoa, o que ela é e o que ela faz.
Os dois caminhos se separam para sempre, não existe meio termo, nem outros caminhos.
 
 
 
Que esse salmo esteja constantemente em nossos coracoes!!!!
 
Carinhos
Emiliana
 
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Prove you aren't a robot *