História dos Reis de Judá

Oi amigos(as),
 
Quando eu morava no Brasil eu sempre dei classe para criancas. E nessa época  eu fiz vários resumos sobre a história dos reis para poder compreender um pouco melhor a bíblia.
Com toda sinceridade eu nao sei de qual ano é esse estudo, mas te garanto que meu filho mais velho nao existia.
Aí vai um resumo para vc aprender bastante coisa sobre o velho testamento.
Espero que seja útil para vc e que vc possa crescer no conhecimento de Deus.

 

REIS DE JUDÁ
  •       1° Rei de Israel foi SAUL
  •       2° Rei de Israel foi DAVI
  •       3° Rei de Israel foi SALOMÃO
OBS. Após a morte de Salomão o reino foi divido em dois,  Reino de ISRAEL e Reino de JUDÁ
  •       Reino de Judá      
  •       4° Rei de Judá foi ROBOÃO      
                     1 Reis  12: e 14:21
                     fez o que era mau perante o Senhor
                     desprezou  o conselho dos anciãos e impôs jugo pesado sobre o povo, fato este, que culminou com a divisão do reino em dois.
                     Edificou  altos, estátuas, colunas e postes ídolos  no alto dos montes e embaixo de arvóres.
                     Rei do Egito, chamado Sisaque, subiu contra Jerusalém e tomou os tesouros da casa do Senhor e da casa do Rei e também levou todos os escudos de ouro que Salomão tinha feito.
                     Profeta do seu tempo foi Semaías 2 Crônicas 12:5
  •       5° Rei de Judá foi  ABIÃO OU ABIAS
                     1 Reis 15:1/ 2 Crônicas 13
  •       6°Rei de Judá foi ASA
                     1 Reis 15: 9/ 2 Crônicas 14
                     fez o que era bom e reto perante o Senhor
                     aboliu os altares, culto e colunas dos deusas estranhos e cortou os postes-ídolos
                     venceu a guerra contra os Etíopes, porque buscou o Senhor em 1° lugar
                     Baasa rei de Israel subiu em guerra contra Asa. Asa diante desta guerra não procurou ajuda de Deus, antes, fez aliança com o rei do Egito, chamado Ben – Hadade
                     Profeta do seu tempo foi Azarias, 2 Crônicas 15:1 e Hanani, 2 Crônicas 16:7
  •       7° Rei de Judá foi  JOSAFÁ
                     1 Reis 22:41/ 2 Crônicas 17
                     fez o que era reto perante o Senhor
                     estabeleceu levitas e sacerdotes para ensinarem ao povo a adorar a Deus. Também estabeleceu juízes em todo o país.
                     Fez aliança com o rei Acabe e subiram juntos para a peleja  em Ramote-Gileade, depois de ouvirem a revelação de Deus através do profeta Micaías
                     Buscou ao Senhor com jejum e oração e venceu a guerra contra Moabe e Amom
                     Se aliou ao Rei de Israel Acazias para a construção de navios, os quais foram quebradas, conforme a profecia do profeta Eliezer.
  •       8° Rei de Judá foi  JEORÃO
                     2 Reis 8: 16/ 2 Crônicas 21
                     fez o que era mau perante ao Senhor, andou nos caminhos dos Reis de Israel, visto que sua esposa era filha do Rei Acabe
                     matou todos os seus irmãos à espada
                     os Edomitas se revoltaram contra Jeorão e constituíram seu próprio rei
                     Os filisteus e os Arábios subiram contra Jeorão e levaram todos os seus bens  e seus filhos e suas mulheres
                     Recebeu uma profecia através de uma carta, do profeta Elias. 2 Crônicas 21: 12
                     Profeta do seu tempo foi Elias e Obadias
  •       9° Rei de Judá foi  ACAZIAS
                     2 Reis 8: 25
  •       10° Rei de Judá foi  ATALIA
                     2  Reis 11:1/  2 Crônicas 22:10
                     profeta do seu tempo foi Joel, escreveu durante a infância do Rei Joás, que estava sob a tutela de sacerdotes
  •       11° Rei de Judá foi  JOÁS
                     2 Reis 11:17/ 2 Crônicas 23:16
                     fez o que era reto perante o Senhor
                     fez a reparação no templo do Senhor
                     criou o gazofilácio, isto é, uma caixa com um buraco na tampa para colocar as ofertas do povo
                     rei da Síria, chamado Hazael subiu contra Judá. Joás então deu todas as riquezas do reino para Hazael e este se retirou de Judá
                     sacerdote do seu tempo foi Joiada e seu filho Zacarias 2Crônicas 24: 20
  •  12° Rei de Judá  foi  AMAZIAS
                     2 Reis  14:1/ 2Crônicas 25
  •  13°Rei de Judá  foi UZIAS OU AZARIAS
                     2 Reis 15:1/ 2 Crônicas 26
                     profeta do seu tempo foi Isaías
  • 14° Rei de Judá  foi JOTÃO
                     2 Reis 15:32/ 2 Crônicas 27
                     profeta do seu tempo foi Isaías
  •  15° Rei de Judá  foi  ACAZ
                     2 Reis 16:1/ 2 Crônicas 28
                     não fez o que era reto perante o Senhor
                     sacrificou seu filho ao deus Moleque e fez imagens fundidas a baalins
                     Rei da Síria, chamado Rezim e o Rei de Israel chamado Peca , subiram contra Jerusalém., e liberaram o povo de Judá que estava sendo levado cativo, após a profecia de de Odede(2 Cro 28:9)
                     Acaz  para se ver livre de seus inimigos, fez uma aliança com o Rei da Assíria, chamado Tiglate-Pileser, dando-lhe os tesouros da casa do Senhor.
                     Mandou o sacerdote Urias, construir um altar a um deus estranho, segundo a planta e o modelo  que viu em Damasco, ao visitar o Rei da Assíria, Tiglate – Pileser
                     Tirou todos os utensílios da casa de Deus e fechou as portas da casa do Senhor
                     profeta do seu tempo foi Isaías (Isaías cap. 7 e 8) e Miquéias
  •       16° Rei de Judá  foi EZEQUIAS
                     2 Reis 18 a 20/ 2Crônicas 29 a 32
                     fez o que era reto perante o Senhor
                     Ezequias significa Força do Senhor
                     Filho de Acaz e sua mãe se chamava Abi
                     abriu as portas da casa do Senhor e as reparou
                     comprometeu-se em servir a Deus
                     Para a limpeza do templo o Rei escolheu 14 líderes, e esses convidaram outros homens para ajuda-los. Os sacerdotes purificaram o templo, tirando toda a imundície para fora, a qual foi jogada em um ribeiro pelos levitas. Depois de 15 dias  o Templo estava pronto.
                     Ezequias restabelece o culto a Deus, e juntamente com os príncipes e o povo,  subiu à casa do Senhor de madrugada para adorar a Deus. Os sacerdotes ofereceram holocaustos a Deus, os levitas tocaram címbalos, saltérios, harpas e trombetas, e o povo adorou o Senhor. Todo povo se alegrou neste dia.
                     O Rei Ezequias e toda a congregação resolveram celebrar a páscoa, e para isso o Rei enviou mensageiros  para que se fizesse pregão em todo o Israel e enviou cartas pelos correios convidando o povo dos reinos de Judá e Israel para a celebração da páscoa. Alguns zombaram  do convite, mas outros se humilharam  e aceitaram o convite
                     Um grande número de pessoas foi a Jerusalém para celebrar a festa dos pães asmos. Houve grande alegria em Jerusalém.
                     Acabando a festa, o povo destruiu o restante dos altares e poste-ídolos existentes nas cidades de Judá, inclusive  a serpente de bronze que Moisés fizera (Números 21:4 a 9), e que o povo adorava.
                     Ezequias estabeleceu os turnos dos sacerdotes e levitas, o povo passou a ser fiel a Deus, entregando os dízimos e ofertas alçadas ao Senhor.
                     Senaqueribe, Rei da Assíria, entrou em Judá e acampou-se contra as cidades fortificadas, e intentou apoderar-se delas.
                     Ezequias sabendo disso, tapou as fontes de águas fora das cidades, restaurou todo o muro quebrado de Jerusalém e sobre ele ergueu torres, e construiu muros em outras cidades de Judá.
                     Também fez armas e escudos. Depois disto, reuniu o povo na praça e fez  um discurso encorajando o povo a confiar em Deus.
                     Depois, Ezequias temendo o poder da Assíria, enviou mensageiros a Senaqueribe, para que o mesmo se retirasse de Judá mediante o pagamento de tributos.
                     Contudo o Rei da Assíria aumentou o valor do tributo, e então Ezequias, teve que tirar o ouro que cobria as portas do Templo e o ouro e a prata do seu palácio para dar para o Rei da Assíria
                     Senaqueribe além de impor altos tributos, enviou Rabsaqué para que fosse a Jerusalém intimidar o povo judeu  a não crer no livramento de Deus.
                     Ezequias cobriu-se de pano de saco e foi a casa do Senhor e mandou mensageiros ao profeta Isaías, o qual falou que Deus livraria Judá das mãos dos Assírios.
                     Senaqueribe manda cartas subestimando e desafiando a Deus e intimidando o Rei Ezequias.
                     Ezequias subiu a casa do Senhor, abriu a carta diante do altar e clamou ao Senhor
                     Isaías manda dizer a Ezequias o que o Senhor, o revelou: Que Deus salvaria Judá e que o povo teria alimento suficiente
                     Deus cumpriu sua promessa e o Anjo do Senhor feriu os assírios, matando 185.000 pessoas, e Senaqueribe foi assassinado em Nínive.
                     Ezequias ficou doente. Isaías vai até a sua casa e diz que ele irá morrer. Então Ezequias virou o rosto para a parede e orou ao Senhor e chorou.
                     Isaías volta a Ezequias e diz que ele será curado e viverá mais quinze anos. Colocaram uma pasta de figo sobre a úlcera de Ezequias. Ezequias pede um sinal a Isaías e a sombra retrocede 10 graus.
                     Rei da Babilônia manda mensageiros a Judá e Ezequias mostra sua casa inteira, seus todos os seus tesouros aos mensageiros.
                     Isaías sabendo isto, vai até Ezequias e revela a palavra do Senhor, qual seja, que a Babilônia irá destruir Jerusalém e levará todo Judá em cativeiro.
                     Ezequias fez um açude e um aqueduto e trouxe água para dentro da cidade.
                     profeta do seu tempo foi Isaías, que pregou para a corte em Jerusalém e Miquéias, que pregou ao povo simples de Judá.
  •       17° Rei de Judá  foi MANASSÉS
                     2 Reis 21 / 2 Crônicas 33
                     fez o que era mau perante o Senhor
                     edificou altos, levantou altares a Baal, edificou altares para deuses pagãos dentro do templo, queimou seu filho em um sacrifício
                     o exército do Rei da Assíria invadiu Judá, prenderam Manassés com ganchos, amarram-no com cadeias e o levaram para a Babilônia.
                     Manassés se humilhou perante Deus, orou e  clamou a Deus por misericórdia
                     Deus atendeu sua oração e o fez voltar para Jerusalém
                     De volta a Jerusalém, Manasses edificou o muro de fora da cidade de Davi. Tirou da Casa do Senhor os deuses estranhos, restaurou o altar do Senhor e o adorou.
                     Obs: a tradição diz que Manasses matou o profeta Isaías serrando-o ao meio dentro de um tronco (Hebreus 11:37)
  •       18° Rei de Judá  foi AMOM
                     2 Crônicas 33: 21 a 25 / 2 Reis 21: 19 a 26
                     fez o que era mau perante o Senhor
  •       19° Rei de Judá  foi JOSIAS
                     2 Reis
                     purificou o país e o templo, tirando e queimando os postes ídolos
                     o povo deu dízimos e ofertas para  a reparação do templo
                     Hilquias, o sumo sacerdote, achou o livro da lei
                     Safa, o escrivão, deu relatório da reforma do templo ao Rei e leu o Livro da Lei que foi achado
                     Josias após a leitura rasgou suas vestes, porque as gerações passadas não andaram segundo os mandamentos do senhor
                     Josias mandou que se consultasse a profetisa Hulda e o senhor disse através da profetisa: farei mau a Judá que não andou em meus caminhos, mas Josias não verá estas coisas
                     Josias chama todo o povo para ir ao templo e lê o livro da lei e renovou a aliança com Deus e o povo também.
                     Josias celebrou a páscoa em Jerusalém, estabeleceu os cargos e os turnos dos sacerdotes e dos levitas, para que o povo pudesse adorar a Deus no templo.
                     Neco, rei do Egito queria atravessar a palestina com seu exército, sem entrar em combate com Judá. Entretanto, Josias não acreditou e disfarçou-se para pelejar e morreu devido a uma flechada.
                     Todo o Israel chorou a morte de Josias, inclusive Jeremias compôs uma lamentação sobre Josias.
                     Profeta de sua época: Sofonias e Jeremias
  •       20° Rei de Judá  foi JEOACAZ OU SALUM
                     2 Reis 23:31 a 33 / Jeremias 22: 10 a 12 / 2 Crônicas 36: 1 a 4
                     fez o que era mau perante o Senhor
                     O Rei do Egito, Neco, o mandou prender em Ribla, e depois foi levado cativo para o Egito, onde morreu.
                     Judá passou a pagar impostos ao Egito.
  •       21° Rei de Judá  foi JEOAQUIM OU ELIAQUIM
                     2 Crônicas 36: 5 a 8 / 2 Reis 23: 34 a 24: 1 a 7
                     este rei se chamava Eliaquim, mas Neco, rei do Egito, mudou seu nome para Jeoaquim
                     Jeoaquim foi vassalo do Egito durante 04 anos e pagava pesados impostos para o Egito. Para conseguir efetuar os pagamentos, cobrava impostos de todo o povo.
                     Jeremias 22: 13 a 19 ; Usou mão de mão de obra escrava para construir um palácio luxuoso para si mesmo
                     Jeremias 25; profecia de setenta anos de cativeiro
                     Jeremias 26; Jeremias depois de pregar é ameaçado de morte
                     Jeremias 35; Jeremias prega e diz que o povo de Judá não foi obediente ao Deus vivo, enquanto os recabitas, foram obedientes ao seu pai , que é homem
                     Jeremias 36; Jeoaquim queima o rolo das profecias de Jeremias
                     Jeremias 45; Jeremias escreve outro rolo
                     Jeremias 46; Nabudonosor venceu os Egípcios na batalha de Carquemis e entrou em Jerusalém.
                     1ª invasão dos babilônicos
                     babilônicos fizeram de Jeoaquim um vassalo e levaram Daniel e outros israelitas para a babilônia. Daniel 1:1
  •       22° Rei de Judá  foi JOAQUIM OU JECONIAS OU CONIAS
                     2 Reis 24: 8 a 17 / 2 Crônicas 36: 9 / Jeremias 22: 20 a 30
                     fez o que era mau perante o Senhor
                     servos de Nabucodonosor, Rei da Babilônia, cercaram Jerusalém
                     Jeremias 24, profecia de que o Rei, os príncipes, os artífices e os ferreiros  seriam deportados
                     Nabudonosor leva cativo o Rei, sua família, os tesouros do templo e do rei , príncipes, homens valente, artífices, ferreiros, num montante de 10.000 pessoas para a Babilônia
                     Assim, cumpriu-se a profecia de Isaías falada para Ezequias, rei de Judá
  •       23° Rei de Judá  foi ZEDEQUIAS OU MATANIAS
                     Jeremias 52 /  2 Crônicas 36:11 a 21 / 2 Reis 24: 17 a 25
                     Filho de Josias, irmão de Jeoacaz, Jeoaquim, tio de Joaquim, era chamado de Matanias e os babilônicos mudaram seu nome para Zedequias
                     Fez o que era mau perante o Senhor
                     Jeremias 27; o profeta exorta ao Rei de Judá para servir ao Rei da Babilônia para que não sobrevenha  males para Judá. Deus ordenou que Jeremias atasse ao seu pescoço brochas e canzis de madeira para que fizesse demonstração da submissão requerida pela profecia de Deus.
                     Jeremias 28; luta de Jeremias com o falso profeta Hananias
                     Zedequias não dá ouvidos a voz de Deus e se rebela contra a Babilônia
                     Jeremias 37; Jerias, capitão da guarda,  prendeu Jeremias por achar que o mesmo estava  fugindo com os caldeus. Os príncipes irados com Jeremias o açoitaram e o prenderam na casa de Jônatas, o escrivão, pois transformaram sua casa em cárcere. Passados muitos dias o Rei o chamou,  e profetizou para o mesmo novamente e o Rei mandou que o colocassem no átrio da guarda.
                     Nabucodonosor sitiou Jerusalém durante 03 anos
                     Jeremias 21, profecia da destruição de Jerusalém e de todo o povo pelos babilônicos
                     Jeremias 38; depois que Jeremias prega, os príncipes jogam-o na cisterna de Malaquias, filho do rei. Na cisterna não havia água, senão lama. Depois de um certo tempo, o rei manda tirá-lo da cisterna a pedido de Ebede-Meleque, o etíope. Zedequias chama Jeremias para que pudesse saber a vontade de Deus. Então, Zedequias promete não mata-lo por falar a verdade. Assim, Deus através de Jeremias ordena que Zedequias se entregue voluntariamente ao Rei da Babilônia, para que Jerusalém não seja de toda destruída, juntamente com o povo.
                     Jeremias 32 e 33; Jeremias estava encarcerado no pátio da guarda, quando então profetizou sobre a restauração de Israel e sobre a vinda o Messias e o seu reino abençoado.
                     Jeremias 34; profecia sobre a inevitável queda de Jerusalém e deportação do povo. Zedequias fez uma aliança com os príncipes, para que cumprissem com o mandamento de Deus e desse liberdade para os hebreus que eram escravos, conforme Deuteronômio 15: 12 a 23. Eles cumpriram a aliança, mas depois se arrependeram e fizeram voltar os escravos novamente. Então veio a palavra do Senhor a Jeremias: como Judá não obedeceu apregoando liberdade aos escravos, então Judá seria entregue nas mãos do inimigo.
                     Jeremias 39: 1 a 10; 3ª Invasão Babilônica. Quando o povo de Judá passava fome, Nabudonosor invadiu Jerusalém. Homens fugiram pelo caminho da porta e o Rei pelo caminho da campina. Alcançaram Zedequias em Jericó, levaram-no a Rispa onde estava o Nabucodonosor. Mataram seus filhos e os príncipes de Judá, vazaram seus olhos e o levaram cativo para a Babilônia.
                     Nebuzaradã, chefe da guarda dos babilônicos voltaram e destruíram  e queimaram tudo em Jerusalém, levando o restante do povo cativo, deixando ficara na terra apenas os mais pobres.
                     Nabucodonosor dá instruções para que o chefe da guarda cuide Jeremias, assim, o mesmo escolhe ficar em Jerusalém, Jeremias 39: 11 a 18 e 40
  •    GEDALIAS É NOMEADO GOVERNADOR
                     Jeremias 41; Gedalias é assassinado por Ismael
                     Ismael leva o povo que estava sob a guarda de Gedalias para Amom.
                     Joanã liberta o povo que estava com Ismael,contudo Ismael consegue escapar
                     Jeremias 43; Joanã levou o povo para o Egito, mesmo sabendo que a esta não era a vontade de Deus, a qual foi profetizada por Jeremias
 Muito obrigado por acessar o blog!!!!
Se vc quiser ler sobre os Reis de Israel do norte é só clicar aqui:

http://emiliana.life/2014/01/historia-sobre-os-reis-de-israel/

Cariños
Emiliana

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Prove you aren't a robot *