Resenha do livro A elegância do ouriço / La elegancia del erizo por Muriel Barbery

Olá amigos,
Hoje vou compartilhar com vcs mais um livro que li no clube de leitura que participo. O livro é da autora Muriel Barbery e o título em espanhol é ¨La elegância del erizo¨, editora Seix Barral Biblioteca Formentor. Esse livro em português se chama ¨A elegância do ouriço¨.
 
 
 
O livro conta a estória de uma menina que se acha super inteligente, e que mesmo com toda sua inteligência, perde tempo pensando em como se suicidar. Mas o livro não é só sobre essa menina, existe outros personagens na estória que compõem todo esse drama.
 
Com toda sinceridade esse foi um livro que eu custei para ler, porque na minha opinião é o cúmulo da inutilidade ficar lendo as mil maneiras mais idiotas de como suicidar-se. Isso já matou 90% minha vontade de ler o livro.
 
Não sei como isso poderia ajudar a jovens ou adolescentes a superar a vontade de suicidar-se. O bom do livro é que a personagem principal supera essa vontade se relacionando com outras pessoas, fazendo amizades, conversando, saindo da toca e do casulo onde ela se protegia.
 
Na minha opinião, o livro fomenta as relações sociais, e principalmente a amizade.
 
 
 
Depois que saltei essas partes do livro (ideias suicidas) me deparei com uma tormenta de filosofia. Se eu estive na Universidade seguramente teria gostado mais dessa parte. Mas como já faz mais de dez anos que não estudo filosofia, eu tive que entrar na internet e pesquisar cada um dos filósofos para recordar, e poder entender as personagens, as piadas e o drama do livro.  Imagina só a tragédia, estudar filosofia na internet sem um livro de verdade!!!
 
O que definitivamente eu não gostei, e acho que infelizmente isso pode ser uma realidade em várias famílias, é a falta de amor entre as duas irmãs (a personagem principal e sua irmã). Eu fiquei horrorizada com a personagem principal quando ela fazia comentários sobre sua irmã, dizer que a irmã é um zero a esquerda, foi uma das coisas mais leves sobre esse relacionamento familiar totalmente sem Deus, sem amor, sem perdão, sem tolerância.
 
Encontrei a maioria das piadas do livro bem infantis…. E a pior de todas vou transcrever aqui: ¨… Para papá, el periódico y el café son las varitas mágicas que lo transforman en hombre importante.¨ Talvez seja essa a visão da juventude atual, mas na minha opinião eu prefiro um pai que lê o jornal, do que um pai que acorda jogando Fifa 2014 no celular.
 
Comparando as duas personagens principais, a menina e a porteira do prédio, se nota que independente da posição econômica de cada uma, as duas são muito parecidas. As duas tentam esconder que são inteligentes, e fazem um esforço grande para isso. E creio que esse é um dos motivos do título do livro. E ademais de essas similitudes, as duas viveram em lares onde a família não se comunicava.
 
Veja transcrição de um parágrafo do texto as fls. 41:
 
¨Em mi casa apenas se hablaba. Los niños chillaban y los adultos de se afanaban en sus tareas como lo hubieran hecho de haber estado solos. Teníamos suficente para comer, aunque frugalmente, no se nos maltrataba y nuestra ropa de pobres estaba limpia, de modo que aunque podía cuasarnos vergüenza, al menos no sufríamos el frío. Pero no hablábamos.¨
 
Talvez, seja esse o mal do século, pessoas tão egoístas que não possuem tempo para conversar uns com os outros, tempo para ouvir, para compartilhar, para educar.
 
E nesse livro fica claro que tanto a porteira, como a personagem principal necessitavam de atenção!!!
 
Nem sempre a autora consegue fazer com que sua opinião própria pareça realmente a opinião do personagem. E uma das frases mais bonitas do livro que se nota como opinião própria da autora está nas fls. 142:
 
¨….. Pero si se teme el mañana es porque no se sabe construir el presente, y cuando no se sabe construir el presente, uno se dice a sí mismo que podrá hacerlo mañana y entonces ya está perdido porque el mañana siempre termina por convertirse en hoy, ¿ lo entendéis?¨
 
¨Para eso sirve el futuro: para construir el presente con verdaderos proyectos de seres vivos.¨
 
 
 
 
Eu creio que da metade do livro em diante a trama desenvolvesse mais rapidamente e o livro fica excelente. E o final é daqueles que se termina em lágrimas.
 
O livro é muito bom, nos faz pensar, nos faz estudar, e isso já é suficiente para uma boa leitura.
 
A disfrutar a leitura!!!
Beijos
Emiliana

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Prove you aren't a robot *