Estudo bíblico sobre a Primeira Carta de João

Oi amigos (as),

Eu comecei uma série de estudos dos livros da bíblia no meu blog e hoje quero compartilhar com vcs a respeito de um livro da bíblia chamado 1 João.

 

Vou tentar escrever de maneira bem simples e fácil para que a compreensão da leitura seja rápida, e vc não tenha que ficar lendo e relendo os parágrafos.

 

O livro de 1 João é o 23° livro do Novo Testamento.

 

O capítulo 1 em seu verso 1 não nos conta quem é o autor do livro. Diferentemente do livro de Efésios, o livro de primeira João não possui o nome do autor. Então, o livro já começa com uma polêmica. Quem é o seu autor? Como sabemos quem o escreveu?

 

Os teólogos em sua maioria identificam o autor desse livro como sendo João, o apóstolo amado de Jesus.

 

Quais as evidências de que tenha sido o apóstolo João o escritor do livro de 1 João, leiamos:

 

¨1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos, e as nossas mãos tocaram, isto proclamamos com respeito ao Verbo da Vida.¨ 1 João 1:1

 

¨14 e vimos, e testificamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo,¨ I João 4:14

 

83 1 joao 4 14

 

Nesses dois versículos está claro que o autor do livro foi uma testemunha ocular da vida e do ministério de Jesus, pois ele relata ¨o que ouvimos e vimos¨ e também ¨o que vimos e testificamos¨, ou seja, algo que somente um discípulo poderia ter feito.

 

A segunda evidência de que seja o apóstolo João são as inúmeras similitudes entre o evangelho de João e o livro de 1 João.

 

Vejamos abaixo quadro comparativo entre esses dois livros da bíblia:

 

Evangelho de João Livro 1 João
¨1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus. 14 O Verbo se fez carne, e habitou entre nós. Vimos a sua glória, a glória como do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade¨ João 1:1 e14 ¨1 O que era desde o principio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos, e as nossas mãos tocaram, isto proclamamos com respeito ao Verbo da Vida.¨ 1 João 1:1
¨24 Até agora nada pedistes em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa.¨  João 16:24 ¨4 Estas coisas vos escrevemos, para que a nossa alegria seja completa.¨1 João 1:4
¨A condenação é esta: a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más. 20 Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. 21 Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.¨ João 3:19-21 ¨6 Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.7 Mas se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado.¨1     João 1:6 e 7
¨34 Novo mandamento vos dou: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei a vós, assim também deveis amar uns aos outros. 35 Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.¨João 13:34-35 ¨Amados, não vos escrevo mandamento novo, mas um mandamento antigo, que desde o principio tivestes. Este mandamento antigo é a palavra que ouvistes.¨1 João 2:7
¨44 Vós pertenceis ao vosso pai, o diabo, e quereis executar o desejo dele. Ele foi homicida desde o principio, e não se firmou na verdade, pois não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, pois é mentiroso e pai da mentira.¨ João 8:44 ¨Quem comete pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do diabo. ¨1 João 3:8
¨24 Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.¨ João 5:24 ¨14 Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte.¨1 João 3:14
¨47 Quem pertence a Deus ouve as palavras de Deus. O motivo por que não ouvis é que não pertenceis a Deus.¨ João 8:47 ¨6 Nós somos de Deus, e quem conhece a Deus nos ouve; mas aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.¨ 1 João 4:6
¨16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.¨ João 3:16 ¨9 Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou o seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos.¨ 1 João 4:9
¨34 Eu não recebo testemunho de homem; mas digo isto para que sejais salvos. (…) 37 E o Pai que me enviou, ele mesmo testificou de mim. Vós nunca ouvistes a sua voz, nem vistes a sua forma,¨João 5:34 e 37 ¨10 Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior, porque o testemunho de Deus é maior, porque o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou.¨1 João 5:9
¨36 Todo aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas todo aquele rejeita o Filho não verá a vida, pois sobre ele permanece a ira de Deus.¨ João 3:36 ¨12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.¨1 João 5:12

 

Com a leitura desses versículos percebemos similitudes quanto ao conteúdo e o uso de expressões favoritas.

 

Brasileiro tem um provérbio que diz assim: ¨Ou é 8 ou é 80¨. Esse autor tem um pouco disso também. O autor usa vários contrastes fortes como por exemplo: luz/escuridão, amor/ódio, verdade/mentira….

 

Outra evidência de que este livro foi escrito pelo apóstolo João é sua autoridade para escrever. O autor dá ordens, declara mandamentos e ensina.

 

¨12 Ninguém jamais viu a Deus; mas se amarmos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é aperfeiçoado o seu amor.¨1 João 4:12

 

¨1 Amados, não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos vem de Deus, porque já muitos falsos profetas tem surgido no mundo.¨1 João 4:1

 

¨Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.¨1 João 2:15

 

O autor do livro de 1 João não tem pelo na língua como diz o provérbio, ele escreve de maneira bem clara e direta, e para algumas pessoas hoje em dia, poderiam dizer até mesmo ofensivo ou rude.

 

¨4 Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.¨1 João 2:4

 

¨22 Quem é mentiroso senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Esse mesmo é o anticristo, esse que nega o Pai e o Filho.¨1 João 2:22

 

Finalmente quero dizer que existem evidências diretas de que o apóstolo João seja o autor desse livro pelo fato de que os pais da igreja primitiva o citam como autor dessa epístola, vejamos:

  1. Citada por Papias no ano 140D.c.
  2. Citada por Policarpo em 110-120 D.C.
  3. Citada por Justino Mártir em 150-160 D.C.
  4. Citada por Irineu em 180 D.C.
  5. Citado no Canon Muratoriano em 180-200 D.C.
  6. Citada por Clemente de Roma
  7. Policarpo cita a coletânea inteira dos livros de João entre 110-120D.C
  8. Didache (obra que reúne o ensinamento dos apóstolos)
  9. Citada por Irineu
  10. Citada por Clemente de Alexandria, Orígenes, Tertuliano, Eusébio
  11. Citada por Atanásio em 367 Dc. (lista completa de todos os livros igual como temos hoje).

 

Em minha opinião o apóstolo João é o autor do livro e concordo com a maioria dos teólogos.

 

A data em que foi escrita é entre 85/95 DC. (Depois de Cristo)

 

Tradicionalmente os destinatários dessa carta estão associados a Ásia menor (Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodiceia , em especial a cidade de Éfeso. Já que na cidade de Éfeso diz a tradição (testemunho dos pais da igreja em seus livros) que o apóstolo João se estabeleceu, aí ele pregava e criou uma escola de pastores. Em minha opinião esse livro foi escrito com a finalidade de circular por várias igrejas (Ásia menor), porque esse livro parece mais um tratado doutrinário do que uma carta.

 

Qual o propósito do livro de 1 João? Porque ele foi escrito?

 

Analisando o livro e lendo detalhadamente cada versículo parece que existem vários propósitos, e muitos deles estão escritos literalmente, vejamos:

 

¨3 o que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. 4 Estas coisas vos escrevemos, para que a nossa alegria seja completa.¨1 João 1:3-4

 

¨1 Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, porém, alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo.¨1 João 2:1

 

¨12 Filhinhos, eu vos escrevo, porque os vossos pecados são perdoados, por causa do seu nome. 13 Pais, eu vos escrevo, porque conhecestes aquele que é desde o princípio. Jovens, eu vos escrevo, porque vencestes o maligno. 14 Eu vos escrevi, meninos, porque conhecestes o Pai. Eu vos escrevi, pais, porque já conhecestes aquele que é desde o princípio . Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.¨1 Joao 2:12-14

 

21 ¨Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade. ¨1 João 2:21

 

¨13 Estas coisas vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, a vós que credes no nome do Filho de Deus.¨1 João 5:13

 

83 1 joao 5 13

 

Mas, esses não são o tema principal do livro. Na verdade o livro foi escrito com um propósito bem definido e esse é : Conhecimento pessoal de Jesus e de Deus.

 

A palavra conhecer (conhecer, saber, reconhecer, entender, ….) é repetida por João por pelo menos 50 vezes nesses 5 capítulos.

 

Outra palavra que o autor repete muitas vezes é verdade. João escreve sobre a verdade 10 vezes nesses 5 capítulos, e todas vezes relacionando essa palavra com Jesus.

 

Por que tanta ênfase por parte do autor a respeito de conhecimento e verdade?

 

Porque o propósito desse livro é combater uma heresia chamada gnosticismo!

 

Gnosticismo de maneira geral e resumida é uma doutrina herética que crê em um único deus, mas esse deus não possui contato com os homens por ser muito grande e poderoso. Além disso, essa doutrina crê que a matéria humana é muito mal e por isso deus, o ser supremo, não pode estar em contato com o homem para não contaminar-se. Então, para os gnósticos deus criou uma maneira de ter contato com o homem, e isso se daria através de emanações angelicais, anjos, ou fantasmas. Os gnósticos creem que Jesus seria um anjo. Para os gnósticos existem três tipos de pessoas: indivíduos hílicos (vivem para a matéria), indivíduos psíquicos (vivem pela alma) e indivíduos pneumáticos ( que vivem pela gnosis, buscam conhecimento através do espírito). Para os gnósticos os únicos homens que serão salvos são os pneumáticos, os que buscam o conhecimento (gnoses). Essa busca pelo conhecimento se daria através de mágicas e cerimonias místicas, já que a idéia é fazer o espírito sair do corpo mal para que o espírito possa descobrir os segredos escondidos do ser humano.

 

Existe um tipo de gnosticismo que se chama docetismo. Essa forma docética de gnosticismo é uma heresia que crê que a vida de Cristo como homem e seus sofrimentos foram irreais. Eles ensinavam que Jesus não era humano e que seu corpo era apenas um fantasma, e por isso, consideram sua vida e seus sofrimentos irreais. Eles diziam que Jesus era apenas um anjo.

 

Outro tipo de gnosticismo apelava para a libertinagem, uma vez que creiam que o corpo físico era mal, então, o pecado não teria problema algum, e por isso a pessoa poderia pecar a vontade , porque somente o lado espiritual tinha valor. Resumindo, os gnósticos pensavam que eram impecáveis, já que seu espírito não se contaminaria com os pecados praticados com o corpo. Por isso, muitos cristãos foram enganados com essa doutrina e começaram a viver uma vida imoral sem limites. Eles acreditavam que como sua parte espiritual já tinha o conhecimento necessário para salvar-se a si mesmos, então eles poderiam cometer todo tipo de pecado que isso não iria interferir no espírito.

 

Um dos homens que pregava essa doutrina herética se chamava Cerinto, o qual era o oponente do apóstolo João nessa época. Cerinto creía que Jesus era filho natural de José e que seu poder tem origem no dia no seu batismo, quando um anjo desceu sobre ele. Cerinto valorava apenas o batismo de Jesus e negava o valor do sangue de Jesus derramado na cruz. Por isso, criou uma teoria de que Jesus apenas veio por água e não sangue, negando a humanidade de Jesus.

 

Muitas pessoas hoje em dia possuem esse mesmo pensamento. Talvez por que acham bonito, talvez por falta de leitura bíblica.

 

A solução encontrada pelo apóstolo João para enfrentar essa heresia foi a de alertar os cristãos da sua época a respeito dos falsos profetas, e ao mesmo tempo reforçar a doutrina cristã de que a salvação vem através de Jesus, e por isso, o livro de 1 João tem uma grande insistência por conhecimento e verdade, pela humanidade de Jesus, sua morte e ressurreição.

 

Por isso, quero explicar em detalhes para vcs hoje que Jesus é o Filho de Deus, que Jesus nasceu em carne e sangue, que Jesus é humano, que Jesus não é um fantasma, que Jesus é superior aos anjos, que Jesus morreu na cruz para nos salvar, que a morte de Jesus na cruz é uma doutrina fundamental no cristianismo.

 

Não é somente o livro de 1 João que combate o gnosticismo. O apóstolo Pedro também escreveu sua segunda epístola para combater o gnosticismo. E no primeiro versículo do capítulo 2 Pedro nos alerta que haverá falsos profetas que negarão a salvação por meio de Jesus Cristo.

 

¨1 Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. ¨2 Pedro 2:1

 

Então, Pedro nos alerta sobre os falsos profetas e com o apóstolo João aprendemos como detectar um falso profeta. E fazemos isso analisando suas declarações. Os falsos profetas negam a humanidade de Jesus, vejamos:

 

¨1 Amados, não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos vem de Deus, porque já muitos falsos profetas tem surgido no mundo. 2 Nisto conheceis o Espírito de Deus: Todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus, 3 mas todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus. Este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e agora já está no mundo.¨ 1 João 4: 1-3

 

83 1 joao 4 2 3

 

 

Jesus é homem(carne e sangue) e Deus ao mesmo tempo. Como isso é possível? Através da concepção de Maria pelo Espírito Santo de Deus, aí Jesus recebeu a parte divina e a parte humana.

 

¨34 disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não tenho relação com homem algum? 35 Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o ente santo que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.¨Lucas 1: 34-35

 

¨16 Não vos fizemos saber o poder e a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas, mas nós mesmos vimos a sua majestade. 17 Pois ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando da magnífica glória que lhe foi dirigida a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. 18 Nós mesmos ouvimos esta voz vinda do céu, estando nós com ele no monte santo. ¨2 Pedro 1: 16-18

 

¨Pois nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade.¨Colossenses 2:9

 

Jesus nasceu  na terra 100% homem e 100% Deus, ficando assim fundidas a natureza humana e divina. Talvez seja difícil para nos entendermos isso, mas foi  o que ocorreu. Jesus já existia antes de ter nascido na Terra, portanto a preexistência indica que houve um tempo em que Jesus existia em forma diversa da forma humana, ou seja, Jesus tinha a forma de Deus. A encarnação não subtraiu poderes de Jesus, mas acrescentou humanidade a Jesus.

 

A humanidade de Cristo é ensinada na bíblia inteira. Quando analisamos sua genealogia, sua descendência humana, seu nascimento, seu crescimento (infância – idade adulta), padeceu fome, sede, fadiga, tristeza, sofreu e sobretudo porque morreu.

 

Jesus fez todos os milagres usando sua natureza divina? Não.  Ressalte-se que a missão de Jesus não era parecer totalmente divino, mas tornar-se humano. Jesus Cristo não tinha aparência humana, Jesus é 100% humano. A bíblia nos ensina que Jesus despojou-se de toda sua glória (não teve por usurpação ser igual a Deus, 7 mas a si mesmo se esvaziou, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. 8 achando-se na forma de homem, humilhou-se a si mesmo) e viveu como homem. Onde está escrito isso? Na bíblia, vejamos:

 

¨Não atente cada um somente para o que é seu, mas cada qual também para o que é dos outros. 5 De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, 6 que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, 7 mas a si mesmo se esvaziou, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. 8 achando-se na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz. Pelo que Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome, 9 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, na terra e debaixo da terra, 11 e toda língua confesse que Cristo Jesus é o Senhor, para glória de Deus Pai.¨filipenses 2: 4- 11

 

Aqui fica claro que Jesus se humilhou e viveu como homem na Terra. Então, agora a pergunta é como Jesus fez todos os milagres registrados na bíblia? Todos os milagres que Jesus fez foi através do Espírito Santo de Deus.

 

Para melhor compreensão do tema vou transcrever um trecho do livro O Novo Testamento interpretado versículo por versículo, autor R.N. Champlin, editora Hagnos, volume 5, fls. 29 :

 

“ A Humanidade de Cristo: Esse é um tema por demais negligenciado no seio da igreja, até mesmo em sua secção evangélica, a qual, apesar de tudo quanto diz em contrário, enfatiza tão-somente a divindade de Cristo, até mesmo no que tange a natureza da encarnação. Por isso, em muitas igrejas, Cristo é um Cristo docético. Explicando, na opinião de tantos cristão, Cristo é humano apenas na aparência, e isso representa uma antiga heresia gnóstica. De acordo com esse posto de vista, tudo quanto Cristo é visto a fazer, em sua missão terrena, como seus milagres e a sua impecabilidade, é atribuído a sua natureza divina, de tal modo que não é maravilha que ele tenha feito o que fez, exceto que morreu. Porém, a verdade inteira dessa questão é que o Senhor Jesus cumpriu a sua missão inteira como homem, extraindo do Espírito Santo, que a ele fora conferido sem medida, todo o poder que exerceu. E este o foi transformando como homem, para que pudesse operar obras admiráveis. Poder-se-ia afirmar que Cristo operou os seus prodígios do mesmo modo que podemos operá-los, e maiores ainda (ver João 14:12), tal como um crente pode fazer, conforme vai sendo transformado ou espiritualizado. Porquanto essa é uma avenida de desenvolvimento espiritual aberta para todos os remidos. Ora, é exatamente esse aspecto que empresta sentido e força a humanidade de Cristo e a sua encarnação – pois declara que tudo quanto ele realizou como homem pode ser realizado também por nós.”

 

Leiamos o que nos ensina a bíblia:

 

¨1 O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar as boas-novas aos pobres. Enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e abertura de prisão aos presos, 2 e apregoar o ano aceitável do Senhor, e o dia da vingança do nosso Deus, a consolar todos os tristes,3 e ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes de ornamento por cinza, óleo de alegria, por tristeza, veste de louvor por espírito angustiado. Eles se chamarão árvores de justiça, plantação do Senhor para que ele seja glorificado.¨ Isaías 61 : 1-3

 

¨16 Assim que Jesus foi batizado, saiu logo da água. Nesse instante abriram-se-lhes os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. ¨Mateus 3:16

 

Por isso Jesus declarou de que seríamos capazes de fazer as mesmas obras que Ele fez. Porque tudo o que Jesus fez foi pelo Espírito Santo de Deus. Leia comigo:

 

¨12 Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço. E as fará maiores do que estas, porque eu vou para o Pai. 13 E farei tudo o que pedirdes em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14 Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.¨João 14: 12-14

 

83 joao 14 12 14

 

 

Vejamos ainda o que está escrito em Hebreus:

 

¨14 Portanto, visto que os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; 15 e livrasse a todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos a escravidão. 16 pois na verdade ele não socorre a anjos, mas sim a descendência de Abraão. 17 Pelo que convinha que em tudo fosse semelhante a seus irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, a fim de fazer propiciação pelos pecados do povo. 18 Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado , padeceu, pode socorrer aos que são tentados ¨Hebreus 2:14 – 18

 

Esse versículo deixa claro a humanidade de Jesus dizendo que Jesus participou da carne e do sangue, que Jesus foi semelhante aos homens, que Jesus foi tentado (mas não pecou), tudo isso para nos socorrer, para dar sua vida por nós.

 

Jesus Cristo não é um anjo. Jesus Cristo é superior aos anjos. Onde está escrito isso na bíblia? Acompanhe o capítulo primeiro do livro de Hebreus:

 

“1 Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, 2 mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo. 3 O Filho é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu ser, sustentando todas as coisas por sua palavra poderosa. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, ele se assentou à direita da Majestade nas alturas, 4 tornando-se tão superior aos anjos quanto o nome que herdou é superior ao deles. 5 Pois a qual dos anjos Deus alguma vez disse:“Tu és meu Filho; eu hoje te gerei”? E outra vez: “Eu serei seu Pai, e ele será meu Filho”? 6 E ainda, quando Deus introduz o Primogênito no mundo, diz: “Todos os anjos de Deus o adorem”. 7 Quanto aos anjos, ele diz: “Ele faz dos seus anjos ventos, e dos seus servos, clarões reluzentes”.8 Mas a respeito do Filho, diz: “O teu trono, ó Deus, subsiste para todo o sempre;cetro de eqüidade é o cetro do teu Reino. 9 Amas a justiça e odeias a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, escolheu-te dentre os teus companheiros, ungindo-te com óleo de alegria”. 10 E também diz: “No princípio, Senhor, firmaste os fundamentos   da terra,e os céus são obras das tuas mãos. 11 Eles perecerão, mas tu permanecerás; envelhecerão como vestimentas. 12 Tu os enrolarás como um manto, como roupas eles serão trocados. Mas tu permaneces o mesmo,e os teus dias jamais terão fim”.13 A qual dos anjos Deus alguma vez disse: “Senta-te à minha direita, até que eu faça dos teus inimigos um estrado para os teus pés”? 14 Os anjos não são, todos eles, espíritos ministradores enviados para servir aqueles que hão de herdar a salvação?¨Hebreus capítulo 1: 1-14

 

Aqui fica claro que Jesus é superior aos anjos, porque Jesus é O Filho de Deus. E que os anjos foram criados para ministrar aos herdeiros da salvação (todo o que aceitar a Jesus como Senhor de suas vidas) .

 

Jesus não é um fantasma. Jesus foi homem de carne e osso. Vejamos onde encontramos isso na bíblia.

 

¨ 22 Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão. 23 Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, 24 mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele. 25 Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar. 26 Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: “É um fantasma!” E gritaram de medo. 27 Mas Jesus imediatamente lhes disse: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo!” 28 “Senhor”, disse Pedro, “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”.29 “Venha”, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. 30 Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” 31 Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?” 32 Quando entraram no barco, o vento cessou. 33 Então os que estavam no barco o adoraram, dizendo: “Verdadeiramente tu és o Filho de Deus”.¨Mateus 14:22-33

 

Jesus tinha um corpo físico como o nosso e os discípulos testemunharam isso por várias vezes. E ainda o próprio Jesus declara que possui um corpo depois de ressurreto dentre os mortos:

 

¨36 Enquanto falavam sobre isso, o próprio Jesus apresentou-se entre eles e lhes disse: “Paz seja com vocês!”37 Eles ficaram assustados e com medo, pensando que estavam vendo um espírito. 38 Ele lhes disse: “Por que vocês estão perturbados e por que se levantam dúvidas no coração de vocês? 39 Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! Toquem-me e vejam; um espírito não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho”.40 Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e os pés. 41 E por não crerem ainda, tão cheios estavam de alegria e de espanto, ele lhes perguntou: “Vocês têm aqui algo para comer?” 42 Deram-lhe um pedaço de peixe assado, 43 e ele o comeu na presença deles.¨ Lucas 24:36-43 

 

Dizem os gnósticos que os sofrimentos e a morte de Jesus não foram reais? Sim foram reais, e várias pessoas foram testemunhas de sua morte, e a bíblia nos relata tudo:

 

¨35 Aquele que o viu testificou, e o seu testemunho é verdadeiro. Ele sabe que é verdade o que diz, para que também vós o creiais. 36 Estas coisas aconteceram para que se cumprisse a Escritura: Nenhum dos seus ossos será quebrado. 37 e como diz outra Escritura: olharão para aquele a quem trespassaram.¨ João 19:35-37

 

¨26 Quando o iam levando, constrangeram certo cireneu, chamado Simão, que vinha do campo, e puseram-lhe a cruz as costas para que a levasse após Jesus. 27 Segui-o grande multidão, e também mulheres que batiam no peito e o lamentavam.¨Lucas 23: 26-27

 

¨47 O centurião, vendo o que tinha acontecido, deu glória a Deus, e disse: Na verdade este homem era justo. 48 Todas as multidões reunidas para este espetáculo, vendo que que havia acontecido, voltaram batendo no peito.¨Lucas 23: 47-48

 

83 lucas 23 47 48

 

Tudo o que foi escrito sobre a morte de Jesus foi testemunhado por várias pessoas. E tudo foi escrito para que nós pudéssemos crer que Jesus é o Filho de Deus, e crendo tenhamos vida em Seu Nome.

 

Por que Jesus precisou morrer? Jesus morreu para nos salvar, esse foi o propósito de sua morte. No antigo Testamento, Deus criou o tabernáculo(templo), e aí as pessoas deveriam oferecer sacrifícios de animais para receber perdão pelos seus pecados. Resumidamente Jesus morreu na cruz uma só vez, para pagar os pecados de toda a humanidade, para acabar com o sistema de sacrifícios antigo. Por isso hoje, a única maneira de chegar até a Deus é mediante Jesus Cristo, porque ele é o único mediador entre Deus e o homem. Vejamos o que nos ensina a bíblia sobre isso.

 

¨11 Quando Cristo veio como sumo sacerdote dos benefícios agora presentes, ele adentrou o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito pelo homem, isto é, não pertencente a esta criação. 12 Não por meio de sangue de bodes e novilhos, mas pelo seu próprio sangue, ele entrou no Santo dos Santos, de uma vez por todas, e obteve eterna redenção. 13 Ora, se o sangue de bodes e touros e as cinzas de uma novilha espalhadas sobre os que estão cerimonialmente impuros os santificam, de forma que se tornam exteriormente puros, 14 quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu de forma imaculada a Deus, purificará a nossa consciência de atos que levam à morte, para que sirvamos ao Deus vivo! 15 Por essa razão, Cristo é o mediador de uma nova aliança para que os que são chamados recebam a promessa da herança eterna, visto que ele morreu como resgate pelas transgressões cometidas sob a primeira aliança.¨ ¨Hebreus 9:11-15

 

Para acabar com o sistema sacrificial criado por Deus, foi necessário que Jesus morresse na cruz. Diferentemente dos animais que continuamente deveriam ser sacrificados, Jesus morreu uma única vez para aniquilar o pecado.

 

¨23 Portanto, era necessário que as cópias das coisas que estão nos céus fossem purificadas com esses sacrifícios, mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios superiores. 24 Pois Cristo não entrou em santuário feito por homens, uma simples representação do verdadeiro; ele entrou nos céus, para agora se apresentar diante de Deus em nosso favor; 25 não, porém, para se oferecer repetidas vezes, à semelhança do sumo sacerdote que entra no Santo dos Santos todos os anos, com sangue alheio. 26 Se assim fosse, Cristo precisaria sofrer muitas vezes, desde o começo do mundo. Mas agora ele apareceu uma vez por todas no fim dos tempos, para aniquilar o pecado mediante o sacrifício de si mesmo. 27 Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo, 28 assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitos; e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam.¨ Hebreus 9:23-28

 

Esses versículos são super claros. Acho que dispensa comentário. Jesus morreu para nos salvar.

 

Diziam os gnósticos que o pecado não contaminava o espírito e por isso poderiam pecar o quanto quisessem. O que diz a bíblia sobre isso? A bíblia nos ensina que a verdadeira fé requer santidade, porque todos os que nascem de Deus serão santos(separados), vejamos:

 

¨Sede vós, pois, perfeitos, como perfeito é vosso Pai que está nos céus.¨ Mateus 5:48

 

¨Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele.¨1 João 2:29

 

¨Quem comete pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do diabo. 9 Aquele que é nascido de Deus não vive na prática do pecado, porque a semente de Deus permanece nele; não pode continuar pecando, porque é nascido de Deus.¨1 João 3:8-9

 

A palavra de Deus possui um imperativo moral. Somos chamados a andar como Jesus andou. Mesmo que talvez não consigamos, devemos esforçar-nos para não pecar, e devemos fazer isso com a ajuda do Espírito Santo de Deus que  habita em nós.

 

¨1 Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, porém, alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. 2 Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. 3 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos. 4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade. 5 Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus nele tem-se verdadeiramente aperfeiçoado. E nisto conhecemos que estamos nele. 6 Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou

 

Diziam os gnósticos que a salvação era alcançada pelo conhecimento. O que a bíblia nos ensina sobre como alcançar a salvação? A bíblia nos ensina que não devemos fazer nada para alcançar a salvação. A salvação não é algo conquistado pelo homem, é um presente de Deus para nós. A salvação nos é concedida pela graça de Deus.

 

¨Pois é pela graça que sois salvos, por meio da fé – e isto não vem de vós, é dom de Deus – 9 não das obras, para que ninguém se glorie. 10 Pois somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para andássemos nelas.¨ Efésios 2: 8-10

 

¨9 Se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10 Pois com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.¨ Romanos 10: 9-10

 

¨30 Então tirou-os para fora, dizendo: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? 31 Responderam eles: Crê no Senhor Jesus Cristo, e serás salvo, tu e a tua casa.¨ Atos 16: 30 e 31

 

¨24 Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.¨João 5:24

 

¨11 E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. 12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. 13 Estas coisas vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, a vós que credes no nome do Filho de Deus.¨1 Joao 5: 11-13

 

Poderia citar milhares de versículos sobre isso, mas creio que esses são suficientes, caso contrário o post ficará enorme, e vcs desistirão de ler tudo.

 

Os gnósticos são obcecados pelo conhecimento. E a bíblia o que diz sobre o conhecimento? Primeiro, quero salientar que o conhecimento pregado pelos gnósticos não salva, porque a salvação é um presente de Deus. Mas, isso não significa dizer que não devemos ter conhecimento. Pelo contrário, Deus não quer que o sigamos cegamente, o desejo de Deus é que o sigamos de olhos abertos, compreendendo exatamente a decisão que escolhemos.

 

¨9 pois em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz.¨

 

Qual conhecimento Deus deseja que alcancemos, leiamos:

 

¨4 o qual deseja que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. 5 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem.¨1 Timóteo 2: 4-5

 

Conhecer a Jesus é alcançar o conhecimento da verdade porque Jesus é a verdade , confira-se:

 

¨6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim.¨João 14:6

 

¨31 Disse Jesus aos judeus que criam nele. Se permanecerdes no meu ensino, verdadeiramente sereis meus discípulos. 32 Então conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.¨ João 8:31-32

 

¨24 Mas para os que são chamados são chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus ¨1 Coríntios 1:24

 

¨30 Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção, ¨1 Coríntios 1:30

 

83 1 corintios 1 30

 

 

Ler a bíblia é uma maneira de conhecer a Jesus, já que aí está registrada sua vida, milagres, ministério, sermões e muito mais.

 

Vou terminando por aqui! Todas as fotos foram tiradas por meu sogro Eduardo Valente Júnior em Veneza/Itália, e eu as editei no programa picmonkey.

 

Estudo realizado com o auxílio do livro “ O Novo Testamento Interpretado versículo por versículo”, autor R.N.Champlin, editora Hagnos, volume 6, e também estudo realizado por Stuart Allsop na igreja Centro Crecimiento Cristiano em Santiago/Chile.

 

Espero que tenha sido de grande benção para sua vida esse estudo.

 

Se vc quiser ler  sobre o livro de Efésios clique aqui:

 

http://emiliana.life/2014/06/estudo-sobre-o-livro-de-efesios/

 

 

Se de alguma maneira o post foi útil pra vc e seus projetos, vc poderá agradecer fazendo coisas bem simples:

 

  • curtir minha pagina oficial no facebook

 

  • compartilhar uma das fotos em pinterest

 

  • seguir-me em pinterest

 

  • inscrever-se para receber atualizações por email através do ícone “ subscribe” no blog

 

 

A paz do Senhor Jesus!

 

Emiliana 

 

8 thoughts on “Estudo bíblico sobre a Primeira Carta de João

  1. Glória Deus irmã Emiliana. Que estudo maravilhoso, realmente uma dádiva de Deus para nós!!
    Fico muito feliz de ler estudos como estes que centram na palavra e mostra a importância de conhecermos a verdade. Deus continue te usando assim e ainda mais!!!
    Deus abençoe você e sua casa mais e mais

  2. Fui edificado com este ensino, estava lendo 1João e acabei lendo tudo isso aqui em função da grande simplicidade e objetividade desse texto. Aprendi sobre gnosticismo entre talvez o pior é o docético, que até hoje, lamentavelmente, acredito que exista. Parabéns e tá curtida lá no facebook. Valew abraço fique e permaneça na paz do SENHOR.

  3. Concordo com os posts anteriores.
    Que o Nome do Senhor seja glorificado e o seu Reino na terra expanda da vez mais, mediante o conhecimento de Sua palavra exposta e ministrada neste meio.

    Que o Senhor a Conserve assim.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Prove you aren't a robot *