15 anos de casada!!!

Olá amigos(as),

 

Hoje celebro 15 anos que estou casada e quando olho para trás não dá pra acreditar que já se passaram tantos anos.

Esse ano meu marido e eu fizemos um culto para agradecer a Deus pelos 15 anos, e para renovar nossos votos. E na cerimônia meu marido disse: – que quando éramos jovens eu não dei oportunidade para ele me pedir em casamento, porque quando ele me contou que havia conseguido um emprego eu agarrei ele e disse ¨ vc não sai daqui hoje sem antes marcar uma data para nosso casamento¨.

 

01 eduardo emiliana votos

 

Acho que sou nota zero para romanticismo….. Mas finalmente meu marido depois de 15 anos me surpreendeu na cerimônia, me pedindo de joelhos em casamento… Que lindo!!!

 

3 fotos mila e du vestido preto e branco

 

E para celebrar com vcs quero compartilhar sobre como construir um relacionamento sólido e duradouro, através da leitura dos 10 mandamentos.

Os 10 mandamentos é considerado pelos judeus e teólogos como a Lei de Deus. E como a Lei de Deus pode servir como parâmetro para nosso matrimônio? Bom, na verdade toda Palavra de Deus possui sábios ensinamentos, inclusive através dos 10 mandamentos. Em realidade nós necessitamos da ajuda de Deus para construir um matrimônio, e não há livro melhor para aprender de Deus, do que a bíblia.

Leiamos diretamente o texto dos 10 mandamentos na bíblia em Êxodo 20:

¨20 E Deus falou todas estas palavras:

2 “Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirou do Egito, da terra da escravidão.

3 “Não terás outros deuses além de mim.

4 “Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra. 5 Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor, o teu Deus, sou Deus zeloso, que castigo os filhos pelos pecados de seus pais até a terceira e quarta geração daqueles que me desprezam, 6 mas trato com bondade até mil gerações[a] aos que me amam e obedecem aos meus mandamentos.

7 “Não tomarás em vão o nome do Senhor, o teu Deus, pois o Senhor não deixará impune quem tomar o seu nome em vão.

8 “Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. 9 Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos, 10 mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor, o teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais, nem os estrangeiros que morarem em tuas cidades. 11 Pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou.

12 “Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá.

13 “Não matarás.

14 “Não adulterarás.

15 “Não furtarás.

16 “Não darás falso testemunho contra o teu próximo.

17 “Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seus servos ou servas, nem seu boi ou jumento, nem coisa alguma que lhe pertença”.

 

Fazendo uma analogia entre o conceito dos 10 mandamentos para Deus e o homem, e o conceito dos 10 mandamentos, para um matrimônio, podemos aprender o seguinte:

  • A primeira declaração ¨Eu sou o Senhor teu Deus¨, se trata de relacionamento. Assim como Deus se relaciona com o homem, nós devemos nos relacionar em nosso matrimônio. Explico-me melhor: Deus amou o mundo de Tal maneira que deu seu Filho Jesus para morrer por nós. Isso significa amor e sacrifício. Da mesma maneira um casamento para se tornar uma relação duradoura precisa de amor e sacrifício. Agora considerando a parte do homem nesse relacionamento, devemos ter claro que o homem para chegar a adorar a Deus precisa de arrependimento, pedir perdão pelos seus pecados para ser salvo. Da mesma maneira, um matrimônio somente sobrevive se os cônjuges são capazes de arrepender-se, pedir perdão, e perdoar.

 

  • O primeiro mandamento nos diz respeito a compromisso. Deus fez um pacto com o seu povo. Esse pacto consistia em fidelidade, compromisso, ou seja, o povo de Deus não poderia adorar a outros. Para que um matrimônio seja duradouro, o mesmo valor deve estar presente em nossa relação: compromisso, fidelidade.

 

  • Essa declaração não fará imagens diz respeito a algo super importante para nosso relacionamento: relação face a face com Deus, sem intermediários. Deus deseja que nós nos apresentemos face a face, para construir um relacionamento. E o mesmo acontece com o nosso matrimônio. Devemos entregar o que temos de mais precioso para nosso cônjuge, nossa presença, nosso tempo. Passar tempo juntos é super importante. Passar tempo juntos a ponto de nossas conversas ultrapassar o trivial, e começarmos a compartilhar coisas mais profundas. Muitas vezes queremos trocar o tempo que deveríamos passar juntos por dinheiro, viagens e outras coisas mais. Temos que ter o cuidado para preservar a unidade, a comunhão.

 

  • ¨não dizer o nome de Deus em vão¨ é um mandamento que significa respeito. Devemos respeitar a Deus. E em nosso relacionamento também devemos respeitar nosso cônjuge. Nós podemos destruir uma relação com a maneira como nós conversamos, com a maneira como pronunciamos nossas frases e pensamentos. Quando somos críticos, essa atitude pode matar, sufocar, e diminuir nosso cônjuge. Para abrir nosso coração e conversar precisamos de estar seguros de que não haverá críticas. Nossas palavras devem ser temperadas com graça e com amor.

 

  • ¨Guardar o sábado¨ é um mandamento que diz respeito ao uso do nosso tempo para com Deus. Deus nos pediu um dia para adorá-lo. E no nosso matrimônio também precisamos de usar nosso tempo com sabedoria. Aqui não é importante qualidade de tempo que passamos juntos, mas quantidade. Temos que ter em mente que os nossos melhores momentos e melhores lembranças surgirão da quantidade de tempo que passamos juntos.

 

  • Os outros mandamentos são demasiados óbvios e creio que não necessito explicar.

 

Bom, que possamos cultivar nosso matrimônio com compromisso, fidelidade, perdão, respeito, e principalmente dando o melhor de nós, nossa presença. Acho que presença é o mais difícil nos dias atuais, porque o trabalho, o facebook, pinterest, whatsapp, email, e tantos outros meios digitais, muitas vezes nos fazem estar presente de corpo e ausente de espírito em nosso lares.

Compartilhei com vcs o que tenho aprendido nesses 15 anos, e principalmente o que aprendi quando participei de um jantar para casais na Austrália. Nesse dia pregou um pastor convidado que se chama Allan Meyer, da igreja de Melbourne, Life Ministry Church. Essa meditação está baseada nessa pregação, se vcs quiserem escutar na íntegra  é só clicar aqui

 

Obrigada por visitar o blog!

Grande abraço!

Emiliana

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Prove you aren't a robot *