Estudo bíblico sobre o livro de Gálatas

Olá amigos(as),

 

Para continuar a série de estudos bíblicos sobre o novo testamento, hoje quero compartilhar com vcs estudo completo e detalhado sobre o livro de Gálatas, onde será analisado sobre o autor, data em que foi escrito, temas principais, propósito com que foi escrito, destinatários, versículo chave e muito mais.

 

O livro de Gálatas é conhecido como a declaração de independência cristã, porque explica em detalhes aos cristãos que a legislação mosaica e as exigências dos costumes dos judeus não deveriam ser aplicadas, porque agora com Jesus havia uma nova norma de conduta a seguir, um novo sistema pela qual estamos vivendo, o sistema da graça.

 

O livro é um lindo tratado sobre a liberação da lei mosaica, através de um novo relacionamento com Cristo através do Espirito Santo.

 

 

Quem escreveu o livro de Gálatas?

 

O autor do livro é Paulo conforme está escrito no próprio livro. Leiamos:

 

“1 Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos,” Gálatas 1:1

  

“2 Ouçam bem o que eu, Paulo, lhes digo: Caso se deixem circuncidar, Cristo de nada lhes servirá.” Gálatas 5:2

  

Ademais, os teólogos são unânimes em afirmar que Paulo é o autor, sendo essa carta considerada como um dos quatro clássicos literários do apóstolo.

 

Vou a transcrever uma citação que encontrei magnífica sobre a questão, que está no livro “O Novo Testamento interpretado versículo por versículo”, autor R.N.Champlin, editora Hagnos, volume 4, paginas, 430:

 

“ diz Morton Scott Enslin:” Esta é uma epístola genuína de Paulo; e que a possuímos essencialmente conforme foi originalmente escrita tem sido posto em dúvida com grande raridade, e isso jamais por críticos sem preconceitos. Nem se pode pensar em uma carta forjada. A excitação óbvia sob a qual ela foi escrita; a forma apaixonada de expressão; as mudanças súbitas de pensamento, tudo isso é mui improvavelmente obra de algum crente ensaísta posterior…. Não se trata de um ensaio frio, estudado. Paulo se sentia tão excitado que seus pensamentos com frequência ultrapassavam seu poder de expressão “ ( The Literature of the Christian Movement, parte III, Introdução aos Gálatas, pag. 216.)’

 

 

Em que data foi escrito o livro de Gálatas?

 

O livro foi escrito entre 49 D.C. a 55 D.C..

 

Em Atos 15 existe relato de uma reunião dos apóstolos para decidir questões doutrinárias da igreja, principalmente sobre se os novos convertidos ao cristianismo deveriam submeter-se as leis de Moisés (circuncisão).

 

Ocorre que o livro de Gálatas apesar de ter o mesmo tema dessa reunião relatada em Atos 15, não menciona o resultado dessa reunião.

 

Por tanto, se supõe que o apóstolo Paulo tenha escrito o livro de Gálatas antes da reunião relatada em Atos 15.

 

De conformidade com esse ponto de vista o ano de 49 D.C. seria a data mais provável.

 

 

01 estudo biblico galatas

 

Em que contexto histórico o livro de Gálatas foi escrito?

 

O livro foi escrito quando a igreja estava em crescimento e expansão, e o apóstolo Paulo estava em suas viagens missionárias.

 

Se supõe que Paulo tenha passado nos anos de 46 a 48 D.C. em sua primeira viagem missionária pela zona sul da Galacia, e depois em sua segunda viagem missionária em 49-53 passou também pela região. E por fim nos anos de 56-57 em sua terceira viagem missionária tenha passado pela zona norte da Galacia.

 

Não obstante os relatos no livro de Atos são a respeito das igrejas visitadas na primeira viagem missionária de Paulo relatadas em Atos 13:13-15; atos 13:42-43; Atos 13:44-52, o que se sugere que as visitas de Paulo tenham sido em esses locais, região conhecida como Galacia do Sul (Listra, Iconio, Derbe, Antioquia). Essa é a  teoria que vem sendo crescentemente confirmada por estudiosos.

 

“13 De Pafos, Paulo e seus companheiros navegaram para Perge, na Panfília. João os deixou ali e voltou para Jerusalém. 14 De Perge prosseguiram até Antioquia da Pisídia. No sábado, entraram na sinagoga e se assentaram. 15 Depois da leitura da Lei e dos Profetas, os chefes da sinagoga lhes mandaram dizer: “Irmãos, se vocês têm uma mensagem de encorajamento para o povo, falem”.” Atos 13:13-15

 

 

“42 Quando Paulo e Barnabé estavam saindo da sinagoga, o povo os convidou a falar mais a respeito dessas coisas no sábado seguinte. 43 Despedida a congregação, muitos dos judeus e estrangeiros piedosos convertidos ao judaísmo seguiram Paulo e Barnabé. Estes conversavam com eles, recomendando-lhes que continuassem na graça de Deus.” Atos 13:42-43

 

 

“44 No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a palavra do Senhor. 45 Quando os judeus viram a multidão, ficaram cheios de inveja e, blasfemando, contradiziam o que Paulo estava dizendo.46 Então Paulo e Barnabé lhes responderam corajosamente: “Era necessário anunciar primeiro a vocês a palavra de Deus; uma vez que a rejeitam e não se julgam dignos da vida eterna, agora nos voltamos para os gentios. 47 Pois assim o Senhor nos ordenou:“‘Eu fiz de você luz para os gentios,

para que você leve a salvação até aos confins da terra’[a]” 48 Ouvindo isso, os gentios alegraram-se e bendisseram a palavra do Senhor; e creram todos os que haviam sido designados para a vida eterna. 49 A palavra do Senhor se espalhava por toda a região. 50 Mas os judeus incitaram as mulheres piedosas de elevada posição e os principais da cidade. E, provocando perseguição contra Paulo e Barnabé, os expulsaram do seu território. 51 Estes sacudiram o pó dos seus pés em protesto contra eles e foram para Icônio. 52 Os discípulos continuavam cheios de alegria e do Espírito Santo.” Atos 13:44-52

 

As principais cidades da Galacia do Norte eram Ancira, Pessino e Tavium. Região habitada por Gauleses.

 

Outros pensam que tanto a Galacia do Norte como Sul era uma província romana ocupada por diferentes raças e povos, e todos eram considerados Gálatas. Porem como já dito acima, a teoria mais comum entre os estudiosos da bíblia seria que a carta foi dirigida a Galacia do Sul, para as igrejas fundadas por Paulo.

 

 

Qual seria o versículo chave desse livro?

 

Poderia ser Gálatas 5:1 ou Gálatas 2:16

 

“5 Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.” Gálatas 5:1

 

 

“16 sabemos que ninguém é justificado pela prática da Lei, mas mediante a fé em Jesus Cristo. Assim, nós também cremos em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pela prática da Lei, porque pela prática da Lei ninguém será justificado.” Gálatas 2:16

 

 

Quais os temas principais do livro de Gálatas?

 

Confirmar a autoridade apostólica de Paulo e combate as doutrinas heréticas.

 

Paulo defende o seu ministério como apóstolo. Um grande tema dessa carta é a defesa elaborada por Paulo em favor do seu ministério. Devido a grande oposição enfrentada por Paulo, foi necessário explicar sua conversão, quem o chamou e o capacitou e sua aprovação por parte dos outros apóstolos e seu relacionamento com eles. Detalhes que são revelação da vida pessoal de Paulo que não existe em nenhuma outra parte do NT.

 

Paulo deixa claro que recebeu através de revelação a doutrina que pregava sobre Cristo. O sistema da graça recebido como revelação fez com que o cristianismo não fora apenas um ramo do judaísmo, mas algo completamente novo e diferente. Ademais Paulo explica a relação entre a lei e a graça, deixa claro que a graça de Deus não permite a licença para pecar.

 

Um dos temas de grande destaque também é o ensinamento de que os filhos de Deus são controlados pelo Espírito Santo, devido a sua habitação dentro dos homens que gera frutos.

 

Paulo também ensina princípios cristãos, como o principio da colheita segundo a semeadura.

 

O apóstolo escreve firmemente para os líderes judaizantes de que a circuncisão não serve para salvar, não traz salvação. Fica claro que a salvação vem somente pela fé em Jesus. Paulo entra em detalhes para provar que a justificação vem pela fé ao usar textos do velho testamento. Submeter-se a circuncisão seria em realidade voltar a escravidão, porém com Jesus somos verdadeiramente livres.

 

Esses são alguns dos temas principais do livro.

 

 

01 estudo b galatas

 

Qual o propósito em que o livro de Gálatas foi escrito?

 

O livro foi escrito com o propósito de defender a autoridade e os ensinos do apóstolo Paulo, o que se nota logo no primeiro capitulo dessa carta. Paulo foi o fundador dessa igreja, mas lamentavelmente sua autoridade apostólica havia sido colocada em dúvida.

 

Diferentemente de outras cartas nessa não existe qualquer tipo de elogio para a igreja. A humanidade do apóstolo esta a flor da pele em essa carta porque várias vezes se lê a Paulo desabafando sua raiva e ira contra a igreja.

 

O propósito com que essa carta foi escrita está muito claro vez que Paulo explicitamente nos informa, vejamos:

 

  1. Justificação pela fé e não por obras da lei

Gálatas 2:16-17; gálatas 3:10-17; gálatas 4:3-6; gálatas 5:2-4

 

 

  1. Supremacia de Jesus Cristo a Moises, e suficiência do sacrifício de Cristo

 

Gálatas 2:21; gálatas 3:18; gálatas 4:8-9

 

  1. defesa da autoridade de Paulo como apóstolo

Gálatas 1:10 a gálatas 3:2:14

 

  1. Liberdade e responsabilidade dos crentes

 

Galatas5:22-24

 

  1. combate as facções, divisões e conflitos dentro da igreja, vez que através de Cristo existe unidade na igreja

Gálatas 5:15; gálatas 6:12-13

 

  1. universalidade da mensagem cristã, visto que salvação é para judeus e gentios

Galatas 3:26

 

 

Quais eram os destinatários da carta?

 

Paulo ao escrever esse livro não se dirigiu apenas a uma igreja, mas a um grupo de igrejas que ficava na região da Galacia. Galacia era uma província Romana na Ásia Maior, atualmente a região que hoje nos chamamos de Turquia. Portanto, existem varias teorias entre os eruditos sobre os destinatários da carta, se seriam os que estavam na região norte, ou sul, ou somente os da província, ou de toda a região.

 

Como o apóstolo Paulo passou por pelo menos 3 vezes nessa região, uma hora na parte norte, outra no sul, então não se sabe com absoluta certeza para quem a carta estava destinada.

 

Mas, depois de ler minuciosamente se nota que existia alguns grupos com os quais o apóstolo enviava uma mensagem muito clara:

 

  • Os que se converteram com a pregação de Paulo

 

 

“8 Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! 9 Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!” Gálatas 1:8-9

 

“8 Antes, quando vocês não conheciam a Deus, eram escravos daqueles que, por natureza, não são deuses. 9 Mas agora, conhecendo a Deus, ou melhor, sendo por ele conhecidos, como é que estão voltando àqueles mesmos princípios elementares, fracos e sem poder? Querem ser escravizados por eles outra vez? 10 Vocês estão observando dias especiais, meses, ocasiões específicas e anos! 11 Temo que os meus esforços por vocês tenham sido inúteis.12 Eu lhes suplico, irmãos, que se tornem como eu, pois eu me tornei como vocês. Em nada vocês me ofenderam; 13 como sabem, foi por causa de uma doença que lhes preguei o evangelho pela primeira vez. 14 Embora a minha doença lhes tenha sido uma provação, vocês não me trataram com desprezo ou desdém; ao contrário, receberam-me como se eu fosse um anjo de Deus, como o próprio Cristo Jesus. 15 Que aconteceu com a alegria de vocês? Tenho certeza que, se fosse possível, vocês teriam arrancado os próprios olhos para dá-los a mim.” Gálatas 4:8-15

 

 

“27 pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram.” Gálatas 3:27

 

Paulo escreveu para esse grupo de cristãos que haviam se convertido com a pregação de Paulo. Aqui Paulo nos da pista de que ele chegou enfermo em Gálatas, uma enfermidade que deformava sua aparência física, mas que de maneira alguma afetou a maneira como os gálatas receberam o apóstolo. Paulo pregou para esses pagãos que se converteram e foram batizados por  Paulo.

 

 

  • Os líderes que faziam distinção entre Paulo e os apóstolos que eram considerados coluna da igreja (Pedro e Tiago)

 

 

Paulo também escreveu para alguns líderes que diziam que ele era inferior aos outros apóstolos. Paulo deixa bem claro que ele não foi chamado por homens e não aprendeu a doutrina com outros apóstolos, Paulo foi chamado por Jesus e aprendeu diretamente de Jesus a doutrina que pregava. Por isso, Paulo nos relata que se foi a Arábia e somente depois foi a Jerusalém.

 

“1 Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos, 2 e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia: 3 A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, 4 que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, 5 a quem seja a glória para todo o sempre. Amém.6 Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho 7 que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo. 8 Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! 9 Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!10 Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo.11 Irmãos, quero que saibam que o evangelho por mim anunciado não é de origem humana. 12 Não o recebi de pessoa alguma nem me foi ele ensinado; ao contrário, eu o recebi de Jesus Cristo por revelação.13 Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo, como perseguia com violência a igreja de Deus, procurando destruí-la. 14 No judaísmo, eu superava a maioria dos judeus da minha idade, e era extremamente zeloso das tradições dos meus antepassados. 15 Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou 16 revelar o seu Filho em mim para que eu o anunciasse entre os gentios[a], não consultei pessoa alguma[b]. 17 Tampouco subi a Jerusalém para ver os que já eram apóstolos antes de mim, mas de imediato parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco.18 Depois de três anos, subi a Jerusalém para conhecer Pedro[c] pessoalmente, e estive com ele quinze dias. 19 Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor.” Gálatas 1:1-19

 

 

  • Líderes que pregavam um cristianismo judaizante

 

Havia alguns líderes na igreja que pregavam que os novos convertidos ao cristianismo deveriam obedecer a lei de Moisés, e por isso, deveriam circuncidar-se, celebrar as festas judaicas, e participar de outros ritos judaicos. Mas a principal questão era a circuncisão.

 

“7 que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo.” Gálatas 1:7

 

“9 Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!” Galatas1:9

  

“4 Essa questão foi levantada porque alguns falsos irmãos infiltraram-se em nosso meio para espionar a liberdade que temos em Cristo Jesus e nos reduzir à escravidão.” Gálatas 2:4

 

“11 Quando, porém, Pedro veio a Antioquia, enfrentei-o face a face, por sua atitude condenável. 12 Pois, antes de chegarem alguns da parte de Tiago, ele comia com os gentios. Quando, porém, eles chegaram, afastou-se e separou-se dos gentios, temendo os que eram da circuncisão.” Gálatas 2:11-12

  

“3 Ó gálatas insensatos! Quem os enfeitiçou? Não foi diante dos seus olhos que Jesus Cristo foi exposto como crucificado?” Gálatas 3:1

  

“10 Já os que se apóiam na prática da Lei estão debaixo de maldição, pois está escrito: “Maldito todo aquele que não persiste em praticar todas as coisas escritas no livro da Lei”” Gálatas 3:10

 

“17 Os que fazem tanto esforço para agradá-los não agem bem, mas querem isolá-los a fim de que vocês também mostrem zelo por eles.” Gálatas 4:17

 

“2 Ouçam bem o que eu, Paulo, lhes digo: Caso se deixem circuncidar, Cristo de nada lhes servirá. “ Gálatas 5:2

 

 

“7 Vocês corriam bem. Quem os impediu de continuar obedecendo à verdade? “ Gálatas 5:7

  

“10 Estou convencido no Senhor de que vocês não pensarão de nenhum outro modo. Aquele que os perturba, seja quem for, sofrerá a condenação. “ Gálatas 5:10

 

 

“12 Quanto a esses que os perturbam, quem dera que se castrassem!” Gálatas 5:12

 

“12 Os que desejam causar boa impressão exteriormente[a], tentando obrigá-los a se circuncidarem, agem desse modo apenas para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo. 13 Nem mesmo os que são circuncidados cumprem a Lei; querem, no entanto, que vocês sejam circuncidados a fim de se gloriarem no corpo[b] de vocês. 14 Quanto a mim, que eu jamais me glorie, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por meio da qual[c] o mundo foi crucificado para mim, e eu para o mundo. 15 De nada vale ser circuncidado ou não. O que importa é ser uma nova criação. 16 Paz e misericórdia estejam sobre todos os que andam conforme essa regra, e também sobre o Israel de Deus.17 Sem mais, que ninguém me perturbe, pois trago em meu corpo as marcas de Jesus.” Gálatas 6:12-17

 

 

  • Líderes que pervertiam a doutrina da graça em um sistema de libertinagem

 

Entre os adversários de Paulo também havia um grupo de recém convertidos do paganismo que diziam que a crucificação do velho homem era uma nova forma de escravidão a lei, já que o pecado estava apenas no corpo e não na alma.

 

Essa mistura de doutrina pagã com cristianismo ensinava que o sistema da graça ensinado por Paulo, era uma continuidade da lei e da circuncisão. Portanto, se nota que o apóstolo estava sofrendo ataques tanto dos judaizantes, quanto dos libertinos.

 

 

“19 Pois, por meio da Lei eu morri para a Lei, a fim de viver para Deus. 20 Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo[a], vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” Gálatas 2:19-20

 

 

“14 Toda a Lei se resume num só mandamento: “Ame o seu próximo como a si mesmo”[a].” Gálatas 5:14

 

 

“22 Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, 23 mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. 24 Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos.” Gálatas 5:22-24

 

 

“18 Se reconstruo o que destruí, provo que sou transgressor.” Gálatas 2:18

 

 

“11 Irmãos, se ainda estou pregando a circuncisão, por que continuo sendo perseguido? Nesse caso, o escândalo da cruz foi removido.” Gálatas 5:11

 

 

Creio que ao ler esses versículos agora ficou claro qual doutrina Paulo estava combatendo quando escreveu aos Gálatas.

 

Bom, percebe-se que havia um debate na igreja entre os judaizantes e os libertinos, de tal maneira que havia graves conflitos na igreja. Tanto é verdade que o apóstolo Paulo teve que advertir a esses líderes sobre o perigo de se devorarem mutuamente, vejamos:

 

“15 Mas se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, cuidado para não se destruírem mutuamente.” Gálatas 5:15

 

Paulo considerava esses líderes como inimigos da verdade, egoístas e covardes, leiamos:

 

“16 Tornei-me inimigo de vocês por lhes dizer a verdade?17 Os que fazem tanto esforço para agradá-los não agem bem, mas querem isolá-los a fim de que vocês também mostrem zelo por eles.” Gálatas 4:16-17

 

“12 Os que desejam causar boa impressão exteriormente[a], tentando obrigá-los a se circuncidarem, agem desse modo apenas para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo. 13 Nem mesmo os que são circuncidados cumprem a Lei; querem, no entanto, que vocês sejam circuncidados a fim de se gloriarem no corpo[b] de vocês.” Gálatas 6:12-13

 

 

Quais as notas pessoais do autor no livro de Gálatas?

 

Esta carta apesar de ter poucos capítulos revela um pouco sobre a vida pessoal do autor. Em poucos versículos Paulo nos conta um pouco sobre sua vida pré-cristã, agregando um relato breve sobre sua conversão, vez que o propósito do autor é  falar sobre a transformação na sua vida após seu encontro com Cristo.

 

Paulo deixa transparecer sua humanidade quando em várias ocasiões relata seus sentimentos a respeito da igreja. Fica claro em várias passagens sua ira e revolta com relação a esses falsos maestros e líderes. Nesta epístola também existe detalhes exclusivos da vida do apóstolo que não encontramos em outra parte da bíblia, como sua viagem a Arábia.

 

Paulo relata que chegou enfermo a essa região, um tipo de enfermidade que deixava sua aparência repulsiva. Porém, os gálatas receberam o apóstolo com amor e não se importaram com sua enfermidade e aparência. Alguns dizem que Paulo tinha um problema na vista e que por isso não podia escrever as cartas com seu próprio punho( Gálatas 4:13-16; Gálatas 6:11). Mas não é possível dizer com 100% de certeza que ele tinha problema na vista, são apenas suposições.

 

Cumpre ressaltar que apesar da Palavra de Deus haver sido difundida em toda região (Atos 13:49), Paulo sofreu a maior resistência a seu ministério nessa viagem missionária pela região, leiamos Atos 14:19-20

 

 

“19 Então alguns judeus chegaram de Antioquia e de Icônio e mudaram o ânimo das multidões. Apedrejaram Paulo e o arrastaram para fora da cidade, pensando que estivesse morto. 20 Mas quando os discípulos se ajuntaram em volta de Paulo, ele se levantou e voltou à cidade. No dia seguinte, ele e Barnabé partiram para Derbe.” Atos 14:19-20

 

Veja resumo sobre os eventos da oposição a Paulo:

 

  • Paulo viaja a Pafos

 

  • Paulo viaja a Perge (Panfilia)

 

  • Paulo viaja a Antioquia (Psidia)

Prega na sinagoga e para os gentios

é perseguido pelos judeus

 

  • Paulo viaja a Iconio

Prega na sinagoga

é perseguido pelos judeus

 

  • Paulo viaja a Listra

é perseguido pelos judeus que viviam em Antioquia e Iconio

Paulo é apedrejado

 

  • Derbe

Prega em Derbe

 

  • Paulo viaja e passa novamente por Listra, Iconio e Antioquia

Paulo escolhe presbíteros para deixar nessas igrejas que fundou

 

  • Paulo sai de Antioquia (Psidia) e viaja para Perge (Panfilia)

 

  • Paulo viaja para Atalia

 

  • Paulo viaja para Antioquia (Psidia)

 

 

Qual o estilo dessa carta?

 

O apóstolo Paulo usa um grande número de figuras de linguagem(escrava, livre….), como também usa o método de perguntas retóricas(Gálatas 2:17 17 “Se, porém, procurando ser justificados em Cristo descobrimos que nós mesmos somos pecadores, será Cristo então ministro do pecado? De modo algum!).

 

 

Outro dia explico em detalhes o método de perguntas retoricas, porque creio que esse tema merece um post. Vou terminando o estudo por aqui, foi uma benção ter estudado sobre esse livro!!! Espero que seja edificante para vc também!

 

Estudo realizado após a leitura dos seguintes livros: “ O novo testamento interpretado versículo por versículo, autor R.N. Champlin, editora Hagnos, vol. 1. E também através da leitura do estudo “ Introduccion a La bíblia, Estúdio #47 – El Nuevo Testamento”, autor Stuart Allsop, texto em espanhol, livro “Gálatas Introdução e comentário”, autor Donald Guthrie, editora Vida Nova, serie Cultura bíblica.

 

Se de alguma maneira esse post foi benção para seus planos e sua edificação pessoal, você poderá agradecer fazendo coisas bem simples:

 

 

  • Compartilhar uma das fotos desse post em Pinterest “Pin it”

 

  • Compartilhar o post em facebook

 

 

Muito obrigada por visitar o blog!!!

 

Saludos,

 

Emiliana

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Prove you aren't a robot *