Estudo bíblico sobre o livro de Judas

Olá amigos(as),

 

Hoje vamos estudar sobre o livro de Judas.

 

Mas antes quero contar pra vcs que já escrevi outros estudos sobre o Novo Testamento. Publicar esses posts tem sido uma grande benção na minha vida porque eu tenho aprendido muito.

 

Para ler os posts acima referidos clique aqui. Esse link te levará a uma página do próprio blog com vários outros estudos bíblicos sobre os livros do Novo Testamento. Você não se arrependerá em abrir e ler!

 

Agora sobre o livro de Judas vamos estudar sobre autoria, data, propósitos e temas principais. Espero que seja palavra de vida pra cada um de vcs.

 

Quem escreveu o livro de Judas?

 

O autor desse livro se identifica como Judas, vejamos:

 

“1 Judas, servo[a] de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por[b] Jesus Cristo:” Judas 1

 

Judas é uma variação do nome Judá, nome de uma das tribos de Israel e a origem do termo Judeu. Essa palavra significa louvor.

 

Para saber quem é o Judas, autor dessa carta, devemos descartar todos os Judas que aparecem no antigo testamento, e investigar apenas os que aparecem no Novo Testamento.

 

Então, temos 5 possíveis Judas no Novo Testamento, vejamos:

 

  • Judas Iscariotes – não seria possível porque foi o discípulo que traiu a Jesus e faleceu muito cedo.

 

“16 Judas, filho de Tiago; e Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor.” Lucas 6:16

 

 

  • Judas o discípulo de Jesus – Lucas 6:16/ Atos 1:13-16

 

“16 Judas, filho de Tiago; e Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor.” Lucas 6:16

 

“13 Quando chegaram, subiram ao aposento onde estavam hospedados. Achavam-se presentes Pedro, João, Tiago e André; Filipe, Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, Simão, o zelote, e Judas, filho de Tiago. 14 Todos eles se reuniam sempre em oração, com as mulheres, inclusive Maria, a mãe de Jesus, e com os irmãos dele.

15 Naqueles dias Pedro levantou-se entre os irmãos, um grupo de cerca de cento e vinte pessoas, 16 e disse: “Irmãos, era necessário que se cumprisse a Escritura que o Espírito Santo predisse por boca de Davi, a respeito de Judas, que serviu de guia aos que prenderam Jesus.”  Atos 1:13-16

 

Ao ler esses dois versículos acima percebemos que haviam dois discípulos de Jesus que se chamavam Judas. Judas Iscariotes, e Judas filho de Tiago.

 

Podemos concluir que o autor da carta não é Judas o apóstolo, filho de Tiago, vez que em nenhum momento em sua carta se auto denominou apóstolo, como era costume da época.  Como também se descreveu como irmão de Tiago e não filho.

 

 

  • Judas da rua direita – Atos 9:11

 

“11 O Senhor lhe disse: “Vá à casa de Judas, na rua chamada Direita, e pergunte por um homem de Tarso chamado Saulo. Ele está orando;” Atos 9:11

 

Também não se trata desse Judas da rua direita, vez que esse vivia na cidade de Damasco, e não era conhecido como irmão de Tiago.

 

 

  • Judas Barsabás – Atos 15:22

 

“22 Então os apóstolos e os presbíteros, com toda a igreja, decidiram escolher alguns dentre eles e enviá-los a Antioquia com Paulo e Barnabé. Escolheram Judas, chamado Barsabás, e Silas, dois líderes entre os irmãos.” Atos 15:22 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

 

Tampouco era esse Judas, já que esse era conhecido como Barsabás.

 

Nenhum desses 4 Judas citados acima se trata do autor dessa carta.

 

 

  • Judas, irmão de Jesus

 

O Judas autor dessa carta nos revela mais pistas sobre sua pessoa, vejamos:

 

“1 Judas, servo[a] de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por[b] Jesus Cristo:” Judas 1

 

Aqui o autor nos deixa uma pista muito importante. Judas nos informa que é irmão de Tiago.

 

Nessa época era incomum que as pessoas se identificassem como irmão de alguém. Geralmente as pessoas se identificavam como “filho de”, nunca como “irmão de”.

 

Portanto, podemos concluir que o irmão de Judas é uma pessoa muito importante e conhecida na igreja. Existe evidencia na bíblia de que Tiago tinha um irmão chamado Judas, vejamos na bíblia:

 

“55 Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas?” Mateus 13:55

 

Tiago irmão de Jesus é autor do livro de Tiago e líder da igreja em Jerusalém. Logo, Judas é o outro irmão de Jesus. Quero esclarecer que Tiago e Judas sãos irmãos de Jesus, frutos do relacionamento de Maria com José. Por esse fato alguns teólogos dizem que Tiago e Judas eram meio-irmão de Jesus.

 

De todas maneiras, a carta de Judas tem um peso especial e merece nossa atenção.

 

 

 

 

Em que data foi escrito o livro de Judas?

 

A data seria entre 60-70 D.C.

 

Considerando as semelhanças entre Judas e Pedro, e que eventualmente um copiou ao outro, então, devemos ter em mente que Pedro sofreu martírio durante o reinado de Nero. Como Nero foi imperador de Roma na década de 60 D.C., então se supõe que essa seja a data mais aproximada para a composição do livro, depois que se irrompeu a perseguição aos cristãos, após o incêndio de Roma (07/64).

 

 

Em que contexto histórico o livro de Judas foi escrito?

 

 

O livro foi escrito quando a igreja estava em crescimento e expansão. E quando havia uma perseguição contra os cristãos.

 

 

Qual seria o versículo chave desse livro?

 

O versículo chave do livro seria:

  

“17 Todavia, amados, lembrem-se do que foi predito pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo. 18 Eles diziam a vocês: “Nos últimos tempos haverá zombadores que seguirão os seus próprios desejos ímpios”. 19 Estes são os que causam divisões entre vocês, os quais seguem a tendência da sua própria alma e não têm o Espírito.” Judas 17-19

 

  

A quem foi dirigida o livro de Judas?

 

A carta possui uma saudação geral, vejamos:

 

“1 Judas, servo[a] de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por[b] Jesus Cristo:” Judas 1 :1

 

Devido a universalidade dos destinatários nesse versículo, essa epístola é conhecida como católica, porque foi dirigida a várias pessoas e igrejas.

 

Como essa carta é muito semelhante ao livro de Pedro, se supõe que os destinatários também tenham sido os mesmos. Portanto, podemos dizer que foi destinada a cristãos gentios da Ásia Menor.

 

 

 

 

Onde foi escrita a carta de Judas?

 

Como Judas e o livro de Pedro são muito semelhantes, se supõe que as cartas tenham a mesma origem. Por isso, se supõe que a cidade de Roma é a origem.

 

Aliado a este fato, também podemos levar em consideração que essa carta tenha proveniência romana já que sua primeira menção foi no “Cânon Muratoriano”. Logo, o reconhecimento dessa epístola nas igrejas latinas aponta para uma origem latina.

 

Qual o propósito do livro de Judas?

 

Assim como o livro de Pedro tem seu propósito bem definido,  o livro de Judas também, foi escrito com o propósito central de advertir os cristãos contra os falsos profetas e suas heresias.

 

Juntamente com o livro de Colossenses, Judas, epístolas pastorais, três epístolas de João, Efésios, e parte do livro de Apocalipses, esse livro tem o propósito de combater uma heresia chamada gnosticismo. Apesar de que cada um desses livros abordam o mesmo tema, cada um a sua maneira ataca uma faceta do gnosticismo.

 

A heresia atacada e combatida são as seguintes:

 

  • Imoralidade dos mestres gnósticos e seguidores

 

Os gnósticos acreditavam que a alma e o espírito do homem não se corrompiam com o pecado. Afirmavam que o homem era como o ouro, que mesmo quando imerso em lama, não se modificava. Logo, a imoralidade entre os mestres gnósticos era algo normal, e até mesmo encorajada.

 

 

  • Negação da morte de Cristo

 

 

Os gnósticos diziam que Jesus Cristo era uma emanação angelical, e que em virtude de não possuir corpo humano, não sofreu morte física. Portanto, negavam a morte e seu valor expiatório na cruz.

 

 

  • Negação de Deus como Pai que intervém na historia da humanidade

 

 

Os gnósticos diziam que Deus apenas criou o mundo e tudo se regeria pelas leis naturais da criação. Essa heresia possui um conceito Deísta a respeito de Deus, negando, portanto, qualquer inspiração divina ao homem.

 

Judas por sua vez deixa claro que os crentes são amados de Deus Pai, ressaltando o significado espiritual da paternidade de Deus, o qual não apenas nos criou, mas continua intervindo na história da humanidade, vejamos:

 

“1 Judas, servo[a] de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por[b] Jesus Cristo:” Judas 1

 

A salvação implica em filiação. A filiação é como um processo de transformação onde seremos transformados segundo a imagem do Filho (Jesus).

 

Aqui o autor identifica a Deus como Pai e nós, o que Nele cremos, em filhos. Como filhos de Deus nós seremos transformados segundo a imagem de Jesus, primogênito Filho de Deus. Todo esse processo ocorrera através da nossa comunhão com Deus, através da manifestação do Espírito Santo de Deus em nossas vidas.

 

Existem outras passagens bíblicas que explicam em detalhes sobre a paternidade de Deus, confira:

 

“42 Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente, me amaríeis, pois que eu saí e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.” João 8:42

 

“14 Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. 15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para, outra vez, estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.” Romanos 8:14-15

 

“29 Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. “ Romanos 8:29

 

“18 E todos nós, que com a face descoberta contemplamos[a] a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito.” 2 Coríntios 3:18

 

 

  • Negação da salvação plena

 

Os gnósticos criam que os homens eram divididos em três tipos: 1) Hílicos, 2) psíquicos 3) pneumáticos

 

Os únicos que seriam salvos seriam os pneumáticos, já que estes seriam as pessoas que lograram ser salvos através do conhecimento.

 

Os gnósticos usavam o nome de Caim para retratar os homens Hílicos, os quais eles creiam que não seriam salvos.

 

Contudo, de acordo com a bíblia TODOS OS HOMENS PODEM SER REMIDOS, e que Jesus Cristo é o nosso salvador e redentor, confira versículo bíblico:

 

“2 Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens; 2 pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. 3 Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, 4 que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. 5 Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, 6 o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos.Esse foi o testemunho dado em seu próprio tempo.” 1 Timóteo 2:1-6

 

Judas quando ao combater essa heresia acusa os gnósticos de seguirem o caminho de Caim, logo, os Cainitas não seriam apenas os Hílicos, mas todos os gnósticos. Judas compara os gnósticos a Caim, Balaão e Coré.

 

Bom, espero que tenha ficado claro os propósitos do livro.

 

 

Quais os temas principais do livro de Judas?

 

 

Um dos temas principais se confunde com o propósito. O autor escreve para combater uma heresia chamada gnosticismo, o que já abordamos no tópico anterior.

 

Semelhanças entre 2 Pedro e o livro de Judas

 

Antes de terminar quero compartilhar com vcs algo muito importante, as semelhanças entre o livro de 2 Pedro e Judas.

 

Todos os teólogos concordam entre si que 2 Pedro e Judas possuem textos literalmente iguais. Afinal o livro de Judas possui 25 versículos, dos quais 15 aparecem em 2 Pedro.

 

A questão agora é saber quem copiou quem, ou se ambos copiaram a outro, ou se escreveram juntos, ou se escreveram separados depois de haver realizado uma reunião para discutir o tema.

 

Vejamos quadro com os versículos semelhantes:

 

Judas 2 Pedro
3 Amados, embora estivesse muito ansioso por lhes escrever acerca da salvação que compartilhamos, senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé de uma vez por todas confiada aos santos. 2 Pedro 1:5

 

5 Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento;

4 Pois certos homens, cuja condenação já estava sentenciada[a] há muito tempo, infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês.Estes são ímpios, e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem e negam Jesus Cristo, nosso único Soberano e Senhor. 2 Pedro 2:1

 

2 No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresiasdestruidoras, chegando a negar o Soberano que os resgatou,trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

5 Embora vocês já tenham conhecimento de tudo isso, quero lembrar-lhes que o Senhor[a] libertou um povo do Egito mas, posteriormente, destruiu os que não creram. 2 Pedro 1:12

 

12 Por isso, sempre terei o cuidado de lembrar-lhes estas coisas, se bem que vocês já as sabem e estão solidamente firmados na verdade que receberam.

 

 

6 E, quanto aos anjos que não conservaram suas posições de autoridade mas abandonaram sua própria morada, ele os tem guardado em trevas, presos com correntes eternas para o juízo do grande Dia. 2 Pedro 2:4

 

4 Pois Deus não poupou os anjos que pecaram, mas os lançou no inferno[a], prendendo-os em abismos tenebrosos[b] a fim de serem reservados para o juízo.

7 De modo semelhante a estes, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais[a]. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo. 2 Pedro 2:6

 

6 Também condenou as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas, tornando-as exemplo do que acontecerá aos ímpios;

8 Da mesma forma, estes sonhadores contaminam o próprio corpo[a], rejeitam as autoridades e difamam os seres celestiais. 2 Pedro 2:10

 

10 especialmente os que seguem os desejos impuros da carne[a] e desprezam a autoridade.

 

Insolentes e arrogantes, tais homens não têm medo de difamar os seres celestiais;

9 Contudo, nem mesmo o arcanjo Miguel,quando estava disputando com o Diabo acerca do corpo de Moisés, ousou fazer acusação injuriosa contra ele, mas disse: “O Senhor o repreenda!” 2 Pedro 2:11

 

11 contudo, nem os anjos, embora sendo maiores em força e poder, fazem acusações injuriosas contra aqueles seres na presença do Senhor.

10 Todavia, esses tais difamam tudo o que não entendem; e as coisas que entendem por instinto, como animais irracionais, nessas mesmas coisas se corrompem. 2 Pedro 2:12

 

12 Mas eles difamam o que desconhecem e são como criaturas irracionais, guiadas pelo instinto, nascidas para serem capturadas e destruídas; serão corrompidos pela sua própria corrupção!

11 Ai deles! Pois seguiram o caminho de Caim, buscando o lucro caíram no erro de Balaão, e foram destruídos na rebelião de Corá.

 

 

2 Pedro 2:15

 

15 Eles abandonaram o caminho reto e se desviaram, seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor[a], que amou o salário da injustiça,

12 Esses homens são rochas submersas[a] nas festas de fraternidade que vocês fazem, comendo com vocês de maneira desonrosa. São pastores que só cuidam de si mesmos. São nuvens sem água, impelidas pelo vento; árvores de outono, sem frutos, duas vezes mortas, arrancadas pela raiz. 13 São ondas bravias do mar, espumando seus próprios atos vergonhosos; estrelas errantes, para as quais estão reservadas para sempre as mais densas trevas. 2 Pedro 2:17

 

17 Esses homens são fontes sem água e névoas impelidas pela tempestade. A escuridão das trevas lhes está reservada,

16 Essas pessoas vivem se queixando, descontentes com a sua sorte, e seguem os seus próprios desejos impuros; são cheias de si e adulam os outros por interesse.  

2 Pedro 2:18

 

18 pois eles, com palavras de vaidosa arrogância e provocando os desejos libertinos da carne, seduzem os que estão quase conseguindo fugir daqueles que vivem no erro.

17 Todavia, amados, lembrem-se do que foi predito pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo. 2 Pedro 3:2

 

2 das palavras proferidas no passado pelos santos profetas, e do mandamento de nosso Senhor e Salvador que os apóstolos de vocês lhes ensinaram.

18 Eles diziam a vocês: “Nos últimos temposhaverá zombadores que seguirão os seus próprios desejos ímpios”.  

2 Pedro 3:3

 

3 Antes de tudo saibam que, nos últimos dias,surgirão escarnecedores zombando e seguindo suas próprias paixões.

24 Àquele que é poderoso para impedi-los de cair e para apresentá-los diante da sua glória sem mácula e com grande alegria,

 

 

2 Pedro 3:14

 

14 Portanto, amados, enquanto esperam estas coisas, empenhem-se para serem encontrados por ele em paz, imaculados e inculpáveis.

25 ao único Deus, nosso Salvador, sejam glória, majestade, poder e autoridade, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, antes de todos os tempos, agora e para todo o sempre! Amém.  

2 Pedro 3:18

 

18 Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém.

 

 

Como já disse acima existem várias controvérsias sobre 2 Pedro e Judas. Eu particularmente creio que Judas copiou a Pedro, e vou citar algumas razões que aprendi depois de ler vários livros a respeito:

 

– Judas escreve que mudou o tema da carta devido a urgente necessidade de advertir os leitores sobre doutrinas falsas e falsos mestres.

 

– Pedro usa o tempo futuro em sua carta, enquanto que Judas usa o tempo presente.

 

– Judas diz que os hereges são pessoas que zombam de temas gerais. Pedro diz que os hereges são zombadores da “segunda volta de Cristo”.

 

– Judas faz uso de livros apócrifos (Assunção de Moisés, Livro de Enoque, Testamento de Naftali, Testamento de Aser). O fato do autor de Judas citar livros apócrifos literalmente, nos faz pensar que ele também seria capaz de citar o apóstolo Pedro.

 

Bom, espero que tenha sido edificante pra vcs o estudo. Eu aprendi muito!!!

 

Estudo realizado após a leitura dos seguintes livros: “ O novo testamento interpretado versículo por versículo, autor R.N. Champlin, editora Hagnos, vol. 6. E também através da leitura do estudo “ Introduccion a La bíblia, Estúdio #57 – El Nuevo Testamento”, autor Stuart Allsop, texto em espanhol. Através da leitura do livro “2 Pedro e Judas Introdução e comentário”, autor Michael Green, editora Mundo Cristão, serie Cultura bíblica.

 

Para ler outros estudos sobre o Novo Testamento clique aqui. Esse link te levará a um post do próprio blog com vários outros estudos bíblicos sobre os livros do Novo Testamento. Você não se arrependerá em abrir e ler!

 

Se de alguma maneira esse post foi benção para seus planos e sua edificação pessoal, você poderá agradecer fazendo coisas bem simples:

 

 

 

 

Muito obrigada por visitar o blog!!!

 

Saludos,

Emiliana Sábio P. Valente

Read More